Artigo

Morreu Fritz Weaver, ator da aclamada minissérie "Holocausto"

O ator brilhou ao lado de Meryl Streep, James Woods e Rosemary Harris no aclamado trabalho de 1978.

Fritz Weaver morreu no sábado na sua casa em Nova Iorque, aos 90 anos.

Não obstante o nome e ser filho de mãe de origem italiana e pai com profundas raízes nos EUA, foi uma personagem de origem alemã que o tornou famoso junto do grande público: o doutor Josef Weiss, o médico judeu de Berlim deportado primeiro para o gueto de Varsóvia e depois para o campo de concentração de Auschwitz na aclamada minissérie de 1978 recordista de audiências "Holocausto".

Reconhecido pelo talento especial para personagens com grande dignidade e forte compaixão e empenho social, Weaver começou pelo teatro e trabalhou desde peças de Shakespeare a Arthur Miller, sendo premiado com o prémio máximo nos EUA, o Tony, em 1970, por "Child´s Play".

Apesar da paixão pelos palcos, fez ainda participações episódicas em muitas séries de TV ("Crime, Disse Ela", "Lei e Ordem", "Ficheiros Secretos", "Star Trek: Deep Space Nine", "Frasier") e e no cinema entrou por por exemplo em "Missão Suicida" (1964, Sidney Lumet), "Operação Golfinho" (1973, Mike Nichols), "O Homem da Maratona" (1976, John Schlesinger), "Domingo Negro" (1977, John Frankenheimer) e "O Caso Thomas Crown" (1999, John McTiernan).

Comentários