Artigo

Nova grelha da RTP 2 com matriz europeia e aposta na cultura

A RTP 2 lança a sua nova grelha no início de janeiro, com programação de cultura, conhecimento e cidadania, com conteúdos produzidos em 44 países diferentes e uma matriz essencialmente europeia.

A RTP 2 anunciou hoje a sua nova grelha de programação, a partir do Porto, onde o canal da estação televisiva pública tem agora a sua direção.

Nesta grelha é dada particular atenção à produção nacional e europeia, com programas que procuram ser diferenciadores dos conteúdos difundidos pelas outras estações de televisão, seja por cabo, ou em sinal aberto.

“Tivemos a preocupação de ir pescar programas à linha”, diz Elísio Oliveira, diretor da RTP 2, para explicar o cuidado com que a sua equipa foi selecionar programas vindos de vários países e culturas.

A nova grelha revela ainda apostas na divulgação de projetos orientados para a promoção e divulgação de jovens e de novos talentos.

A programação infantil do canal ocupará uma parte importante das manhãs, ao lado de programas de informação, enquanto as tardes são reservadas para conteúdos centrados em estilos de vida, questões sociais e programas religiosos (que, diariamente, continuam a ocupar uma parte da grelha).

Para o horário nobre, a RTP 2 aposta em programas direcionados para as famílias, com séries (sobretudo com origem europeia) e formatos de conhecimento e de ciência.

As noites de sexta, sábado e domingo serão orientadas para a música, quer nacional quer do mundo, seja em versões mais ligeiras, ou em versões mais eruditas.

Elísio Oliveira assume a ambição de aumentar significativamente as audiências do canal, reconhecendo que há espaço para cativar a atenção de espetadores que procuram conteúdos diferentes daqueles que as outras estações generalistas apresentam.

Por isso, surgem programas como Povo que Ainda Canta, que procura fazer um retrato atual da música portuguesa, nos diferentes registos, ou a transmissão de grandes eventos, especialmente musicais, que revelem o que de melhor se vai fazendo nesta área, ao longo de Portugal.

“Mas a nossa principal preocupação continuará a ser a qualidade”, explica o diretor da RTP 2, confessando que essa prioridade se fará sentir nas várias tipologias de conteúdos, desde os programas infantis aos programas de informação.

Na informação, a RTP 2 manterá o seu Jornal 2, às 21h00, seguido do programa Página 2, com entrevistas a figuras que se afirmem na atualidade nacional e internacional.

A RTP 2 apresentará ainda programas sobre natureza, onde pontifica uma série (produzida dentro da estação) de quatro episódios sobre a vida selvagem, enquanto nas séries de ficção se destacam "Borgen" (um drama político, de origem dinamarquesa) e "O Paraíso" (uma série de época com o selo da BBC).

@Lusa

Comentários