Artigo

Nova TV, televisão "web" da região Centro, é lançada em fevereiro

A Nova TV, hoje apresentada ao público, em Arganil, é lançada a 1 de fevereiro e pretende ser uma força dinamizadora de nove concelhos da Região Centro, disse um dos responsáveis.

A Nova TV vai abordar os concelhos de Tábua, Arganil, Pampilhosa da Serra, Góis, Lousã, Oliveira do Hospital, Penacova e Seia, através do site www.novatv.pt, que vai ser lançado a 1 de fevereiro, e através do qual são emitidos programas em direto e em diferido, disse João Ferreira, um dos responsáveis do projeto, juntamente com José Conde.

A “tv web” vai ter programação própria, começando no primeiro trimestre com nove programas e pretendendo que ao longo de 2014 sejam realizados "22 programas" diferentes, com a ajuda dos "24 colaboradores" que têm de momento, disse à agência Lusa João Ferreira, que falava à margem da conferência de imprensa de apresentação da televisão, no Centro Empresarial e Tecnológico de Arganil, distrito de Coimbra, onde o estúdio vai estar sediado.

Na sua fase inicial, a Nova TV vai contar com um programa generalista em direto, que vai ter "música, informação e entrevistas", bem como participação do público "através do Skype", um programa sobre desporto, outro sobre as freguesias dos concelhos que abrange e outro com a participação de crianças da pré-primária e 1.º ciclo.

Esta televisão vai ainda abordar temas como a ecologia, "o passado" e a música, acrescentou.

Segundo João Ferreira, a Nova TV é "importantíssima”. “Não é só o dinheiro que nos move aqui. É chegar às pessoas e a projetos, que de outra forma não tinham visibilidade e não eram divulgados".

Apesar de ser uma televisão com presença apenas na “web”, "a intenção é ser regional", dinamizando "os concelhos" onde vai operar, salientou.

@Lusa

Comentários