Artigo

O Jornal Pedal dá-lhe a conhecer Lisboa no MEO Kanal

A pedal, literalmente, este Jornal mostra o que Lisboa tem de melhor na Volta a Portugal em MEO Kanal, a sua nova rubrica, onde poderá ficar a conhecer o país de norte a sul pelas suas gentes.

Andar de bicicleta está na moda: é sustentável, faz bem à saúde e, acima de tudo, alivia a carteira. Se é daquelas pessoas que dá como desculpa as sete colinas lisboetas para não trazer a bicicleta à rua, o Jornal Pedal vai mostrar-lhe como esta nova cultura urbana está a tomar conta da cidade.

Todos os meses o Jornal Pedal publica um jornal cultural com um enfoque muito grande na utilização da bicicleta como meio de transporte urbano, quer para os tempos de lazer, quer seja para o levar ao trabalho e, em simultâneo, contribuir para os seu bem estar e para a sustentabilidade da cidade.

Com uma equipa de cinco pessoas, o Jornal Pedal, lançado em fevereiro de 2012, decidiu aceitar o desafio colocado pelo MEO Kanal e dar a conhecer Lisboa através de vários vídeos. Gastronomia e o futuro da cidade são alguns dos temas abordados nos vídeos agora disponíveis no site http://volta.kanal.pt e no MEO Kanal 901120.

“Foi uma surpresa este convite, encarámos como um desafio e convidámos algumas pessoas para fazer estes vídeos”, conta Heloisa César, responsável pela Comunicação do Jornal Pedal.

Tendo como principal enfoque o universo da “bicla”, é possível acompanhar as atividades que o Jornal Pedal cobre através do Facebook e do Kanal 437336. Esta sexta-feira, às 22 horas, está lançado o seguinte desafio aos lisboetas: subir o elevador da Glória em cima de suas rodas o mais rápido possível.

Esta competição não é inédita, tendo sido até bastante popular na capital nos anos 20. O recorde está estabelecido nos 55 segundos. Nesta íngreme corrida, organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo, vão participar nomes como Marco Chagas e Emanuel Pombo.

Saiba mais sobre a Volta a Portugal em MEO Kanal aqui.

Acompanhe todas as novidades sobre o universo MEO Kanal através do Facebook.

Comentários