Artigo

«O que eu vejo na TV»: Rita Ferro Rodrigues

A apresentadora da SIC assume sem complexos que espreita a concorrência. Gosta de pivôs como Pedro Mourinho e Clara de Sousa, aprecia comentadores como Miguel Sousa Tavares e, desde que é mãe, tornou-se especialista em desenhos animados.

Quais os seus programas de televisão preferidos?
Não tenho muito tempo para ver televisão mas vejo sempre os noticiários, até por defeito profissional, filmes e séries. Vejo também os canais infantis, porque tenho crianças em casa, e conheço os desenhos animados de uma ponta à outra! Também espreito a concorrência, porque gosto de saber o que se passa no meio, e vejo os programas onde os meus amigos trabalham, nem que sejam só as estreias.

Gosta de telenovelas?
Sigo “Sol de Inverno” porque a minha filha Leonor adora.

Futebol, costuma ver?
Vejo quando o Sporting joga, mas ultimamente não tenho visto para não me enervar.

Reality shows como “Big Brother” e “Casa dos Segredos” fazem parte dos seus hábitos de consumo televisivo?
Não sigo, mas vejo sempre as estreias porque gosto de saber minimamente o que se está a passar. Mas não consigo mesmo seguir, não é por preconceito. Depois há outro fator, que é não poder ter esses programas ligados com crianças pequeninas em casa, porque certas ações e determinado tipo de linguagem não são para a idade delas.

Quem são os seus pivôs de notícias preferidos?
Adoro o Pedro Mourinho, acho que é um grande pivô, assim como a Clara de Sousa.

Marcelo Rebelo de Sousa, José Sócrates, Marques Mendes, Santana Lopes. Qual destes comentadores políticos será o melhor?
Vou escolher outro. O Miguel Sousa Tavares, para mim é o melhor. É o que é mais comentador, ou seja, o que é menos político.

Quais os atores/atrizes, nacionais e estrangeiros/as, que mais gosta de ver em ação na TV?
Considero a Rita Blanco uma atriz absolutamente extraordinária e gosto de tudo o que ela faz.

Se tivesse de eleger o/a melhor apresentador/a da TV portuguesa na área do entretenimento, quem escolheria?
É muito difícil responder porque temos pessoas de muita qualidade em Portugal e todos com perfis completamente diferentes. Mas há pessoas que considero muito versáteis e, por isso, são extraordinárias, como a Júlia Pinheiro, o Manuel Luís Goucha, a Cristina Ferreira e a Tânia Ribas de Oliveira. Normalmente, os apresentadores de que mais gosto são os que já passaram pelo daytime, porque os programas da manhã e da tarde são a maior escola de televisão.

Se tivesse poderes para alterar uma coisa que fosse no funcionamento e oferta dos canais nacionais, por onde começaria?
Gostava que o grande entretenimento voltasse e agora até há sinais de que isso está a acontecer. Andámos numa fase de muitos reality shows e estou a gostar de ver o regresso a grandes programas de entretenimento, com muita qualidade e que fazem muito bem às pessoas. Por exemplo, o “Masterchef”, que é um excelente programa de televisão, assim como o “Vale Tudo”. Gosto quando no horário nobre são apresentados produtos de qualidade.

Comentários