Artigo

Oitava temporada de "Não Aceitamos Reservas" chega ao 24Kitchen e passa por Lisboa

A oitava temporada do famoso programa "Não Aceitamos Reservas" ("No Reservations" no original) chega ao 24Kitchen a 12 de setembro, às 21 horas. Desta vez com uma paragem por Lisboa, já apresentada na SIC Radical mas que pode agora ser redescoberta.

"Não Aceitamos Reservas" dá a conhecer personalidades e lugares que ajudam a definir a paisagem cultural e nível internacional.

Na oitava temporada, Anthony Bourdain faz uma paragem em Lisboa para conhecer as iguarias e tradições da capital portuguesa. O escritor António Lobo Antunes e a fadista Carminho levam-no numa visita à Tasca do Chico; o chef Lujbomir Stanisic apresenta-lhe petiscos no seu restaurante 100 Maneiras; a banda Dead Combo faz uma atuação especial e convida-o a conhecer o mundo das conservas; o humorista Zé Diogo Quintela conversa com ele no restaurante de Henrique Sá Pessoa e Tozé Brito partilha uma morcela no Cantinho do Avillez.

Para além da companhia de nomes conhecidos do público português, Anthony Bourdain também se perde por outros caminhos lisboetas onde experimenta a famosa ginjinha no Rossio e o prego do Ramiro.

Moçambique, Kansas City, Penang, Croácia, Brooklyn, Sydney, Borgonha, Finlândia, Baja, Austin, Líbia, Emilia Romagna e Rio de Janeiro são os outros destinos desta oitava temporada..

O primeiro episódio desta temporada é um especial de Natal que conta com alguns convidados: a cantora Norah Jones; a chef Lidia Bastianich, mãe de Joe Bastianich, jurado do "Masterchef USA" e uma das “rainhas da pasta italiana”; e o ator Christopher Walken.

Sinopses dos episódios:

Especial Férias: "Anthony Bourdain: Não Aceitamos Reservas" dá seguimento a uma apreciada tradição de férias ao mesmo tempo que Anthony experiencia umas férias pouco habituais. Desalojado da sua casa, procura abrigo no ACE Hotel de Nova Iorque e chama outras pessoas para o ajudar a descobrir o verdadeiro significado do Natal. Os chefs convidados incluem Lidia Bastianich, April Bloomfield, Kurt Gutenbrunner e Dave Arnold. Os convidados especiais são Christopher Walken, Norah Jones, Samantha Brown e a banda F****d Up.

Moçambique: Estamos na misteriosa África pós-colonial. O país teve uma história complicada, mas está a ter uma actualidade mais calma. Um país de extrema beleza com uma cozinha diversificada - este episódio é único no "Anthony Bourdain: Não Aceitamos Reservas".

Costa da Croácia: A nova Riviera, com uma viagem de barco de porto em porto, à descoberta do novo destino de eleição para férias. O chef Mate Jankovic guia Anthony pela história rica do país e dá-lhe a conhecer alguma da melhor comida que ele já provou.

Cook It Raw: Todos os anos, em sítios remotos e estranhos de todo o mundo, alguns dos maiores e mais inovadores chefs juntam-se para um encontro pouco conhecido e bastante exclusivo onde exploram maneiras de "cozinhar cru" usando ingredientes locais da forma mais natural possível. Este ano, o evento tem lugar em Tóquio e Ishikawa. Ao mesmo tempo, uma aventura ao ar livre e experiência gastronómica, Anthony vai aos bastidores de Cook It Raw.

Lisboa: A curiosidade de Anthony sobre Portugal continental leva-o até Lisboa. O aventureiro gastronómico chega ao coração de Lisboa através do fado e dos chefs locais.

Kansas City: Kansas City = barbecue. Anthony vai a um barbecue bem regado com o seu grande amigo Zamir. Desde costeletas a outras especialidades dos barbecues organizados nas partes traseiras dos carros, Anthony e Zamir vêem e saboreiam de tudo.

Finlândia: Anthony detesta a Escandinávia, mas descobriu recentemente que o seu segundo maior grupos de amigos e fãs do Facebook são da Finlândia e decide viajar até lá para descobrir porquê.

Baja: Por estes dias, trata-se de um destino incerto. Os cartéis de droga armados e o aumento da criminalidade afugentaram os turistas. Mas isso não significa que não haja comida deliciosa nesta parte do país. Anthony atravessa a fronteira para visitar Tijuana e Baja Norte.

Penang: Esta é a capital gastronómica de Malacca Straits, com uma cozinha que se desenvolveu a partir de uma mistura de mercadores chineses, trabalhadores indianos e malaios. Penang é um destino lindíssimo e inexplorado, onde uma cozinha de fusão única cresceu e amadureceu. Anthony explora Penang durante as celebrações do Novo Ano Lunar.

Sidney: A capital cultural da Austrália, atualmente em franca expansão. Sydney é cultura de surf, de praia e de gastronomia, com uma dimensão asiática. E a comida é maravilhosa, garante Anthony Bourdain.

Austin: Música indie. Barbecue. Camiões de comida. Cultura de lago e rio... e toda a estranha ilha no meio do Texas. Anthony mergulha em Austin durante o festival de música de Southwest.

Borgonha: As raízes familiares de Anthony remontam à França, mas ele ainda não visitou esta parte do país. Ele terá o chef francês Ludo Lefebvre como guia pessoal para explorar a verdadeira Borgonha.

Líbia: A Líbia pós-Qaddafi, em transição. Anthony viaja de Benghazi a Tripoli com o seu amigo e ex-agente do Serviço Aéreo Especial, Calum. Calum passou alguns meses na Líbia durante a era de Qaddafi e apaixonou-se pelo país e pela sua causa. Juntos, exploram a comida e cultura, desde o local de início da revolução até à capital.

Emilia Romagna: Aquela que muitos dizem ser a melhor região gastronómica de Itália, com o famoso chef que melhor a conhece, Michael White. Este é um programa especial para Anthony sobre um tema que o fascina e intriga.

Rio de Janeiro: Uma cidade sem igual. Anthony viaja até ao Rio para desvendar os seus segredos. Um misto de cor, paixão, sabor, graffiti e cultura única. Visita as famosas favelas com Paulo Lins, o autor d' "A Cidade de Deus", e encontra-se com o chef brasileiro Alex Atala.

Brooklyn: Na última etapa da viagem de "Anthony Bourdain: Não Aceitamos Reservas", o avnetureiro gastronómico viaja para o lado de lá da fronteira, até Brooklyn, uma parte de Nova Iorque que lhe é praticamente desconhecida. Anthony explora a comida inovadora, a música, conhece as pessoas, mas também encontra personalidades nostálgicas e símbolos do passado que coexistem na Brooklyn moderna.

Comentários