Artigo

Participantes do "Big Brother" sueco excluídos por assédio sexual

Dois concorrentes da versão sueco-norueguesa do "Big Brother" foram excluídos do reality show por terem exigido sexo a uma das participantes, anunciaram na passada sexta-feira os produtores, que descreveram o comportamento como "assédio".

"Durante uma festa naquela noite (de quinta para sexta-feira) John e Philip exerceram assédio sexual sobre Caroline na casa do Big Brother", explicou a emissora sueca Kanal 9 no site do programa. "Esse comportamento não é aceitável e, portanto, ambos estão desqualificados do Big Brother e deverão deixar a casa", acrescentou.

Num blog dedicado à questão, bigbrotherblogg.se, é relatado uma cena em que os dois jovens suecos 22 e 28 anos exigem que a norueguesa de 25 anos, em linguagem vulgar, não saia do quarto enquanto não praticar sexo oral nos dois.

O porta-voz do Kanal 9 (Discovery Communications Group), Dan Panas, reconheceu que a cena decorreu dessa forma e lamentou que não tenha resultado em qualquer ação por parte da empresa produtora, a Endemol. A jovem não quis denunciar o caso, acrescentou.

@AFP

Comentários