Artigo

Pedro Lima: «Não gosto de ser vilão»

Ao contrário da generalidade dos atores, Pedro Lima não gosta interpretar o papel de vilão: “Acho mais difícil tornar interessante um personagem vulgar do que fazer de mau da fita”, disse ao SAPO TV.

Depois de ter interpretado um papel de vilão em "Destinos Cruzados", o ator vai agora vestir a pele de um empresário íntegro na nova novela da TVI, "O Beijo do Escorpião", que estreia em janeiro.

Será mesmo um personagem à sua medida, porque Pedro Lima prefere deixar para outros o papel de vilões: “Os atores, geralmente, gostam de ser maus da fita, porque isso permite-lhes uma grande liberdade e os atores gostam pouco de se sentir espartilhados e limitados”, explicou.

Só que, para Pedro Lima, essa falta de liberdade incita-lhe a imaginação: “As limitações obrigam-me a ser mais criativo, a pensar melhor as cenas e a tentar tornar especial ou interessante aquilo que, à partida, é vulgar.” E este desafio “é muito mais difícil de conseguir do que ser um vilão brilhante, em que uma pessoa faz meia dúzia de maluquices e, pronto, está a brilhar”, concluiu.

Comentários