Artigo

Protagonista de «Prison Break» assume homossexualidade e protesta contra lei russa

O ator norte-americano Wentworth Miller, protagonista da série norte-americana “Prison Break”, anunciou que não participará no festival de cinema de São Petersburgo para denunciar o tratamento dos homossexuais na Rússia, onde uma lei considerada homófoba foi recentemente adotada. O anúncio foi feito por Miller numa carta hoje divulgada na internet.

“Obrigada pelo vosso amável convite. Enquanto pessoa que apreciou visitar a Rússia no passado e podendo também afirmar ter origens russas, ficaria feliz por aceitar. No entanto, enquanto homossexual, devo recusar”, escreveu o ator de 41 anos na carta endereçada à diretora do festival.

“Estou profundamente perturbado com a atual atitude e tratamento reservados aos homossexuais, homens e mulheres, pelo Governo russo”, prosseguiu.

“Esta situação não é, em caso algum, aceitável, e eu não posso, em boa consciência, participar num evento organizado por um país onde as pessoas como eu se veem sistematicamente privadas do seu direito fundamental de viver e amar abertamente”, explicou Miller.

O Presidente russo, Vladimir Putin, promulgou em junho um decreto-lei que sanciona qualquer ato de “propaganda” homossexual perante menores.

Os estrangeiros arriscam-se a uma coima máxima de cem mil rublos (2.300 euros), até 15 dias de detenção e a expulsão do país.

O texto da nova lei, que já suscitou muitas críticas por todo o mundo, é considerado discriminatório pelos defensores dos direitos humanos e pela comunidade gay, que duvidam que este não seja utilizado para reprimir os homossexuais.

Inquirido pela agência de notícias AFP, o presidente da comissão de seleção do festival de cinema de São Petersburgo declarou que esta carta causou “surpresa”, já que o ator tinha já indicado com bastante antecedência que não estaria presente no evento.

“A sua agência tinha-nos indicado [em abril], sem o escrever, que ele provavelmente não teria condições para vir”, declarou Alexeï Dunaevski. “E de repente, envia-nos um comunicado oficial indicando que não virá. Porque é que não o enviou em abril? Porque é que o envia agora?”, acrescentou.

Wentworth Miller tornou-se uma estrela de televisão ao interpretar o fugitivo Michael Scofield na série “Prison Break”, transmitida pela Fox nos Estados Unidos entre 2005 e 2009.

@Lusa

Comentários