Artigo

Rob Lowe é o presidente assassinado de «Killing Kennedy»

Rob Lowe foi o ator escolhido para interpretar John F. Kennedy no docudrama "Killing Kennedy", que estreia no National Geographic Channel em novembro.

Baseado no best-seller de Bill O’Reilly e Martin Dugard, "Killing Kennedy" recorda um dos mais chocantes eventos da história norte-americana, seguindo os passos de dois homens, com passados completamente diferentes, que vão acabar por se entrecruzar. O docudrama vai estrear no National Geographic Channel mais para o final do ano, não só nos Estados Unidos, mas também num evento global a decorrer em 171 países em 38 línguas, como forma de assinalar o 50º aniversário do assassinato de Kennedy.

Ginnifer Goodwin irá juntar-se a Rob Lowe na Casa Branca como a Primeira-Dama, Jacqueline Kennedy, e Michelle Trachtenberg vai interpretar a personagem de Marina Oswald, a viúva do assassino.

"Estamos entusiasmados por trabalhar com Rob Lowe, Ginnifer Goodwin e Michelle Trachtenber, três talentosos artistas que responderam positivamente a este material épico, autêntico e de entretenimento", disse Howard T. Owens, presidente dos canais National Geographic.

Para além destes nomes, o elenco principal fica completo com Will Tohhaar, o ator escolhido para desempenhar o papel do assassino de Kennedy, Lee Harvey Oswald. O elenco secundário também inclui Mary Pat Gleason ("Donas de Casa Desesperadas") no papel da mãe do assassino, Marguerite Oswald; Francis Guinan ("Boss") como o vice-presidente Lyndon Baines Johnson; Boris McGiver ("Sob Suspeita") que vai interpretar o agente do FBI John Fain; e Jack Noseworthy ("U-571") como o irmão do presidente Robert F. Kennedy.

Esta é a segunda colaboração do National Geographic Channel com Rob Lowe ainda este ano, uma vez que o ator foi o narrador principal de alguns documentários da série "Os Anos 80".

Esta é também a segunda vez que o National Geographic Channel colabora com a Scott Free Productions e Bill O’Reilly. No passado mês de fevereiro, o NGC estreou o filme documental "Killing Lincoln", o programa mais visto na história do canal. Neste momento, estes três já anunciaram que pretendem juntar-se uma terceira vez para produzir um novo filme de Bill O’Reilly, "Killing Jesus".

A produção de "Killing Kennedy" está a decorrer em Richmond, sob a direção de Nelson McCormick, que trabalhou em séries como "Os Homens do Presidente", "Serviço de Urgências", "The Good Wife" e "The Closer".

A história de "Killing Kennedy" começa em 1959, numa altura de importante viragem tanto para o futuro presidente dos Estados Unidos como para o seu assassino. John F. Kennedy está em Washington, D.C., a anunciar a sua candidatura à presidência, enquanto Lee Harvey Oswald se encontra na embaixada dos Estados Unidos em Moscovo, renunciando a sua cidadania americana. Estes dois eventos marcam o começo de um percurso cataclísmico para ambos os homens – um, o membro de uma das famílias mais ricas e poderosas famílias da América, e outro, um antigo soldado marxista desiludido – e vão alterar para sempre o curso da história.

Foto @AFP

Comentários