Artigo

RTP adia estreia de «O país pergunta» depois de Passos Coelho declinar convite

A RTP decidiu adiar a estreia de 'O país pergunta', depois de o primeiro-ministro ter recusado o convite para participar no programa, disse hoje à Lusa o diretor de informação do canal televisivo.

“Mantemos, obviamente, a intenção de manter aquele modelo. Não vamos estrear agora, mas vamos estreá-lo posteriormente”, afirmou Paulo Ferreira, no mesmo dia que fonte do gabinete do primeiro-ministro ter dito à Lusa que Pedro Passos Coelho declinou o convite para participar no programa, perante as "atuais circunstâncias às quais é completamente alheio".

O diretor de informação da RTP disse que a estreia do novo programa fica, para já, adiada, referindo que não há uma nova data para o arranque. “Não temos data ainda. […] Vamos ver quando há mais uma oportunidade editorial e interesse para avançarmos”, afirmou.

Paulo Ferreira argumentou que "fazia sentido neste momento" que o primeiro-ministro "respondesse às perguntas das pessoas sobre o impacto das decisões dele nas suas vidas".

"Fazia todo o sentido neste contexto da ‘troika’ [Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu] e do Orçamento do Estado. Não havendo esta disponibilidade, pelas razões que conhecemos, vamos esperar uma melhor oportunidade e ela vai aparecer certamente”, acrescentou.

Esta semana, PS e PCP apresentaram queixas à Comissão Nacional de Eleições (CNE) por considerarem que a RTP não está a garantir a igualdade de tratamento entre os líderes político-partidários ao ter combinado transmitir uma entrevista ao líder do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, no programa "O País Pergunta", no dia 10 – antes das eleições autárquicas de 29 de setembro e do Orçamento do Estado para 2014.

Na quinta-feira, a CNE pronunciou-se a favor das queixas, considerando que "um programa de entrevistas com responsáveis políticos, com o formato anunciado pela RTP, apenas pode ter lugar fora dos períodos eleitorais", segundo a notificação enviada ao canal televisivo, a que a Lusa teve acesso.

@Lusa

Comentários