Artigo

Salvador Sobral pode não representar Portugal na Eurovisão

Salvador Sobral poderá ser operado antes do festival da Eurovisão.

O estado de saúde de Salvador Sobral tem dado que falar nas últimas semanas. Segundo a edição online da revista Flash!, o cantor está à espera de um transplante e pode ser chamado a qualquer momento para a cirurgia, ficando a sua participação no Festival Eurovisão da Canção em risco.

À publicação, uma fonte familiar confirmou que o músico tem um "grave problema de coração" e que "já está numa lista de espera para fazer um transplante cardíaco". "Para além deste problema ser, por si só, já muito assustador, acresce o factor tempo. Ele precisa de um dador com a máxima urgência. O prazo não é grande... no máximo até ao final do ano", revela à revista.

Porém, numa conferência de imprensa em Lisboa organizada pela OGAE Portugal, o músico que vai representar Portugal na Eurovisão, em Kiev, explicou que ficou desiludido com a mediatização. "É triste, mas não me surpreende. O que eu quero é cantar. Isso não tem nada que ver com a música e não falarei sobre esse assunto", comentou Salvador Sobral.

No início do mês, o jovem de 27 anos falou no programa "5 para a meia-noite" sobre o seu estado de saúde.  "As pessoas podem ficar descansadas, hoje tirei os pontos de uma das hérnias - os da outra ainda não posso tirar. Mas podem ficar descansados, vou recuperar. As pessoas estão preocupadas porque querem saber se eu vou, é aquela preocupação egoísta", contou , frisando que vai representar Portugal em Kiev, na Ucrânia, ao contrário do que é agora avançado.

Portugal vai subir ao palco da Eurovisão a 9 de maio, na primeira semifinal da competição, numa cerimónia que conta ainda com as participações do Montenegro, Finlândia, Geórgia, Bélgica, Suécia, Albânia, Azerbaijão, Austrália, Chipre, Eslovénia, Arménia, Moldávia, República Checa, Letónia, Islândia, Grécia e Polónia.

A segunda semifinal está agendada para 11 de maio e a final decorre no dia 13 do mesmo mês.

Comentários