Artigo

Santarém é a próxima paragem da Volta a Portugal em MEO Kanal

A Volta a Portugal em MEO Kanal chega a Santarém e o palco desta visita é Abrantes. A “tour” à cidade ribatejana fica a cargo da ESTA TV, o canal de televisão dos alunos de Comunicação Social da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes.

Ladeada pelo Tejo, Abrantes é uma cidade que não esquece a sua identidade, procurando porém a sustentabilidade futura. Às indústrias tradicionais do azeite, vinho e cortiça, alia-se o desenvolvimento tecnológico, as indústrias automóvel e da energia.

Aqui a História e a modernidade cruzam-se na busca de melhor qualidade de vida: as hortas convivem com os parques urbanos e os monumentos, fazendo de Abrantes uma cidade que não precisa de muitos argumentos para inspirar uma visita.

Falar de Abrantes é falar de palha, ou seja, do famoso doce de ovos ribatejanos. Mas esta não é a única iguaria típica da região. A ESTA TV aconselha ainda a tigelada e alguns pratos como a lampreia, o sável, as enguias, ou os filetes de polvo e o cabrito. Para quem gosta de petiscos, revela-se na rubrica “A Barriga Cá da Terra” um segredo bem guardado na freguesia do Pego.

A reabilitação de casas no centro da cidade, o apoio aos pequenos comerciantes e o desenvolvimento de atividades que atraiam os mais jovens estão entre as principais preocupações da população desta cidade. Afonso, de apenas dez anos, tem uma forma mais simples de colocar as coisas: no futuro quer Abrantes com ruas maiores e mais pessoas. Está tudo dito!

Para conferir todos os vídeos da Volta a Portugal em Meo Kanal vá até ao site http://videos.sapo.pt/voltaportugal, que pode também ser acedido em dispositivos móveis. Pode acompanhar estes conteúdos através da televisão no MEO Kanal 901120.

Criado em 2012, o Meo Kanal conta já com mais de 500 mil vídeos e 35 mil canais. Atualmente o MEO Kanal rivaliza com os níveis de audiência da grelha tradicional do MEO, encontrando-se no top 15 dos canais mais vistos. Uma oportunidade única para os produtores de conteúdos locais conseguirem chegar a mais de 600 mil casas.

Comentários