Artigo

Segunda temporada de «The Bridge» estreia esta semana na Fox

48 horas depois da estreia anos Estados Unidos, a segunda temporada de "The Bridge" chega à televisão nacional através da Fox. O regresso da série está marcado para esta sexta-feira, 11 de julho, pelas 21h20.

"The Bridge" é um thriller criminal que adapta a elogiada série "Bron", cuja ação se desenrolava na fronteira entre a Dinamarca e a Suécia. Depois de ter sido uma das mais aclamadas novidades televisivas do ano passado, a série foi renovada para uma segunda temporada que tem estreia marcada em Portugal a 11 de julho, às 21h20, na Fox, e a 13 de julho, às 22h15, na Fox Crime, continuando a ser emitida em ambos os canais.

"The Bridge" centra a sua ação na fronteira entre El Paso (América) e Juarez (México) e na história de dois detetives, um norte-americano e outro mexicano, que juntos terão de resolver os mais perigosos casos na fronteira destes países.

Na segunda temporada...

Quando o corpo de um membro de um cartel de droga é encontrado morto em solo norte-americano, Sonya Cross (Diane Kruger), da polícia de El Paso, e o seu parceiro da polícia mexicana, Marco Ruiz (Demián Bichir), terão de voltar a trabalhar juntos para tentar resolver o caso. Marco, que ainda está a recuperar da morte do filho, continua a lidar com polícias corruptos e com as imposições do cartel. Por sua vez, Sonya conhece, inesperadamente, um homem com conexões ao seu passado e que ameaça a relação que ela mantém com o seu chefe, o tenente Hank Wade (Ted Levine). O caso rapidamente coloca os dois detetives numa complexa teia de lavagem de dinheiro e corrupção policial ao mesmo tempo que se começam a envolver na guerra de droga Juarez que se começa a infiltrar nas ruas suburbanas de El Paso.

Os repórteres do El Paso Times, Daniel Frye (Matthew Lillard) e Adriana Mendez (Emily Rios), continuam a seguir o rasto da Millie Quintana Money House, por um caminho que, eventualmente se vai cruzar com a investigação levada a cabo por Sonya e Marco. Charlotte Millwright (Annabeth Gish) terá de fazer a escolha impossível entre dois mundos: o do governo americano e do cartel mexicano.

Comentários