Artigo

Teatro Nacional de São Carlos e RTP assinam protocolo

O Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC) vai passar “a disponibilizar conteúdos para as diferentes plataformas da Rádio e Televisão de Portugal (RTP) – rádio, televisão e online" -, segundo o protocolo firmado hoje entre as duas instituições. A RTP, por seu turno, “passará a apoiar o TNSC através da divulgação regular da sua programação”, estipula o documento.

“A difusão dos conteúdos culturais, com origem na programação do TNSC, contribuirá para o alargamento do universo de espetadores das temporadas do único teatro de ópera do país, e para a prestação de um serviço público de âmbito nacional”, segundo o texto assinado hoje.

A cerimónia, no teatro lírico, contou com o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro, com o secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, com o presidente do conselho de administração da RTP, Alberto da Ponte, assim como com os membros do conselho de administração do TNSC, João Villalobos e Adriano Jordão.

O “acordo de parceria” terá a duração de um ano, “sendo passível de renovação posterior”. O concerto de Ano Novo do TNSC, no dia 1 de janeiro de 2014, “marcará o início desta colaboração”, com a transmissão em direto pela RTP2. O concerto, tradicionalmente, reúne o Coro do TNSC e a Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP).

A RTP já efetuou várias gravações de espetáculos do Teatro, entre as mais famosas, uma das quais a atuação da soprano Maria Callas, em 1958. A RDPAntena2, do grupo RTP, tem também regularmente gravado vários espetáculos, tanto da sala principal como do salão nobre.

O TNSC abriu portas em junho de 1793 e esteve já encerrado, tendo reaberto em 1940 com a estreia da ópera “D. João IV”, de Rui Coelho. É ainda hoje o único teatro com programação operática regular.

O Teatro é sede da OSP, criada em 1993, a partir da extinta Orquestra Sinfónica da RDP, e da qual é atualmente titular a maestrina Joana Carneiro. O coro foi criado em 1943 e é seu atual titular o maestro Giovanni Andreoli.

@Lusa

Comentários