Artigo

"The Daily Show": Piadas antissemitas do novo apresentador geram polémica

O humorista sul-africano Trevor Noah, escolhido como sucessor de Jon Stewart para apresentar o talk show "The Daily Show", causou polémica nesta terça-feira graças a antigas mensagens suas em redes sociais classificadas como sexistas e antissemitas.

Alguns espectadores do programa não demoraram a reagir à divulgação de tweets antigos com piadas contra judeus e mulheres postados pelo comediante de 31 anos, cuja apresentação do talk show foi anunciada nesta segunda-feira pelo canal Comedy Central.

"Quase pisei uma criança judia na rua. Não olhou antes de atravessar e fez-me sentir tão mal no meu carro alemão!", escreveu Noah em setembro de 2009, numa piada em alusão ao holocausto.

"Uma mulher branca e gira com rabo grande é como um unicórnio. Se vires uma, nunca a montes", lê-se noutro tweet de Noah, de mãe negra e pai branco e oriundo de Soweto, área urbana a cerca de 25 quilómetros de Joanesburgo.

Alguns utilizadores do Twitter, como Marshall Honorof, que se apresenta como jornalista na sua conta @marshallhonorof, disseram que não vão "assistir a um Daily Show conduzido por um antissemita".

Outros, como o realizador e encenador sul-africano Evan Mathibe, saíram em sua defesa. "Trevor Noah é sul-africano e será o próximo grande sucesso na comédia nos Estados Unidos. Eu aceito-o. Esqueçam os tweets antigos", escreveu na sua conta, @EvansMathibe.

Advertência da Liga Antidifamação

Face à crescente polémica, o diretor da Liga Antidifamação norte-americana, Abraham Foxman, pediu que Noah e o canal Comedy Central "façam um esforço consciente para assegurar que 'The Daily Show' continue a ser divertido e irreverente sem se dedicar a piadas intolerantes à custa dos judeus. Esperamos que [Noah] não cruze o limite entre sátira legítima e atitude ofensiva", disse.

O editor do BuzzFeed Business disse que é "estranho que Trevor Noah não tivesse feito uma limpeza rápida do seu Twitter antes de conseguir o posto". Contactado pela AFP, o Comedy Central não quis comentar.

O canal divulgou a 10 de fevereiro que Jon Stewart, apresentador de "The Daily Show" ao longo de 16 anos, iria deixar a função.

Noah teria começado a participar do programa como colaborador em dezembro e a sua escolha contou com a benção de Stewart, que lhe teceu vários elogios num comunicado.

O comediante sul-africano ficou conhecido pelo seu papel na novela local "Isidingo", antes de conduzir um programa de rádio e de participar em programas televisivos. A partir daí dedicou-se à comédia e em 2012 chegou ao mercado norte-americano, tendo-se estreado no "The Tonight Show" e um ano depois no "Late Show with David Letterman".

@AFP

Comentários