Artigo

"The Walking Dead" vai ter personagem masculina homossexual

O criador da banda desenhada "The Walking Dead", Robert Kirkman, revelou que Daryl Dixon, interpretado na adaptação televisiva por Norman Reedus, pode ser homossexual. "Tudo o que posso dizer por agora é que essa possibilidade já foi discutida", anunciou em resposta a uma questão no correio dos leitores da BD "The Walking Dead" nº130.

Na série televisiva, Daryl já fez grandes amizades com Carol (Melissa Suzanne McBride) e Beth (Emily Kinney), mas nunca se envolveu romanticamente com nenhuma.

"Temos ideias muito específicas sobre a sexualidade do Daryl (ou a falta dela), e se houver um momento no programa em que ele não esteja ocupado com a sua besta, podemos ter isso em conta", afirmou Kirkman.

A orientação sexual de Daryl "não está confirmada" e fica por revelar ao longo da quinta temporada, mas Kirkman anunciou que os argumentistas planeiam introduzir uma personagem masculina gay - embora não tenha avançado mais detalhes.

A quinta temporada da série estreia dia 12 de outubro nos Estados Unidos, no canal AMC.

Comentários