Artigo

As faces de Sarah

"Orphan Black" é uma jóia preciosa que tem o ADN da BBC America. É uma série marcada pelo extraordinário desempenho de Tatiana Maslany, uma canadiana que interpreta uma mão cheia de personagens num enredo que lida com a clonagem.

A série, em desenvolvimento durante quase uma década, foi criada por Graeme Manson ("Flashpoint") que escreve os argumentos e John Fawcett ("Spartacus") que dirige os episódios.

Sarah Manning (Tatiana Maslany) é uma órfã que cresceu entre uma casa de acolhimento e as ruas, é uma jovem britânica que vem buscar a sua filha nos arredores de Nova Iorque. Quando está na gare da estação de comboios de Huxley (!) assiste a um suicídio de uma estranha que podia ser a sua irmã gémea. Desesperada por dinheiro, Sarah rouba a carteira de Beth (a falecida) e assume a sua identidade. Mas o que parecia um simples golpe de fraude de identidade transforma-se numa viagem mirabolante.

Beth era uma detetive de Nova Iorque e estava a meio de um inquérito por ter morto uma transeunte durante uma perseguição. Mas este é o menor dos seus problemas: quando surge em cena o namorado de Beth e outra mulher idêntica a si, que pede auxílio antes de ser baleada, o caso só se torna mais estranho. Os acontecimentos sucedem-se como uma bola de neve, surgem mais mulheres idênticas a Sarah e a coincidência transforma-se num frenesim para sobreviver a eventos que lidam com a clonagem.

Tatiana Maslany interpreta Sarah Manning e as suas sucedâneas: Alison Hendrix, uma dona de casa, Helena, um anjo assassino, Cosima Niehaus, uma estudante de biologia, e Beth Childs, a detetive de policia). Outros intérpretes surgem na história e todos eles oferecem algo com as suas boas performances. Além da história central desenrolam-se outras dinâmicas em torno de Sarah: a realização que a vida de Beth que tem uma casa de revista, um namorado perfeito e um Jaguar à sua porta pouco significava quando esta sofria no seu interior ou a tentativa de Sarah recuperar a sua filha.

"Orphan Black" é um thriller sofisticado com uma bela protagonista que traz sensualidade e credibilidade em cena, uma figura que está tão surpreendida com os acontecimentos quanto os espectadores. A série é muito mais do que entretenimento banal, o ritmo é frenético, o mistério é intrigante e a adrenalina da audiência dispara com cada novo episódio.

Artigo do parceiro

Comentários