Artigo

"Dark Matter": primeiras impressões da nova série do Syfy

AVISO: ARTIGO COM SPOILERS

"Dark Matter", a nova série da Syfy, tem o nome dos comics em que se baseia. A trama conta as aventuras de seis indivíduos que acordam numa nave localizada algures nas profundezas do universo. Para piorar a sua situação, a nave está numa situação crítica e todos eles apresentam amnésia.

Com leves semelhanças a "Firefly", a mítica série de aventuras no espaço de Joss Whedon, "Dark Matter" apresenta-nos um piloto algo confuso e pouco revelador. Tratando-se de uma série da Syfy, é óbvio que temos algumas limitações no enredo e até nos efeitos especiais, mas nada de grave para quem gosta deste género.

Os mistérios prometem ser um dos pontos fortes da série, já que, quando todos os protagonistas acordam, nenhum deles se recorda do seu passado. No entanto, não ficam alarmados, pois há a esperança de que as memórias voltem a qualquer momento. Como não sabem os nomes dos colegas, são denominados de Um a Seis, em que Um foi o primeiro indivíduo a acordar e Seis o último. Mas como o passado não ficou para trás definitivamente, depressa alguns dos membros acabam por começar a revelar algumas das suas habilidades e notamos que esta equipa poderá ter um objetivo a cumprir.

A determinada altura, Três acorda um andróide feminino que está em modo ataque e o grupo quase é exterminado. Por sorte, Dois consegue que o andróide volte ao seu programa base e este torna-se um membro valioso da tripulação, iniciando o processo de restauro da nave e ajudando a equipa a fugir de um misterioso ataque da nave que se aproxima. A fuga leva-os ao planeta de destino, onde encontram uma colónia independente de mineiros que luta contra uma federação poderosa e esperam a chegada de armamento para se defenderem dos temíveis Raza, um grupo de extermínio, cuja fama os define como assassinos mutantes.

De volta à nave, Um julga que as armas que se encontram no porão da nave são para ajudar este povo e, quando as carregavam para as entregar, eis que o androide descobre a identidade de cinco dos seis tripulantes. Com exceção da Cinco, que continua um mistério, todos eles são assassinos e, ao que parece, são o grupo Raza que veio para exterminar a pequena colónia mineira.

Com a premissa apresentada no decorrer do piloto, resta-nos esperar pelos episódios seguintes para verificar qual a decisão tomada pelo grupo: se por um lado, seguirão Um, o herói que quer ajudar a salvar aquele povo; ou irão pelo opinião do Três, o anti-herói típico, que prefere lucrar com a venda das armas.

Nota: 7/10

Rui André Pereira

Comentários