Artigo

"Once Upon a Time" – 04×07 – The Snow Queen

Contém SPOILERS.

Finalmente aqui temos aquilo que já nos andávamos a perguntar há muito tempo… O que aconteceu com a Snow Queen para ela se ter transformado na pessoa que é nos dias de hoje? É um dos aspetos que mais gosto em “Once Upon a Time”. Sabermos o passado das personagens torna os vilões humanos e consegui sempre simpatizar um bocadinho com eles todos (exceto talvez com Peter Pan, mas esse era fantástico e não precisava que gostasse dele).

Ingrid era, tal como Elsa, a herdeira ao trono de Arendelle. Ela pensava ser uma criança normal até um homem tentar raptar as suas irmãs. É aí que os seus poderes se revelam e a princesa acaba por matá-lo. Gerta e Helga tiveram a mesma atitude que Anna teve com Elsa quando descobriu os seus poderes: apoio incondicional. Contudo, Ingrid adotou a mesma atitude da sobrinha: fechou-se para o mundo. Como já sabemos, isso nunca dá bom resultado. Neste caso, o mistério à volta da princesa herdeira teve consequências catastróficas. Claro que já se estava a adivinhar que Helga tinha morrido e que Ingrid tivera culpas no cartório.

Também tivemos oportunidades de saber como é que Rumple (vai tudo dar a ele, c’um caneco!) conheceu as irmãs. Foi ele que ofereceu as luvas que vemos em Frozen (mas se Gerta não se lembrava de nada, não faz sentido que ela soubesse que serviam para controlar os poderes da filha) e a urna onde estava Ingrid. Em troca, quis as fitas amarelas, que simbolizavam o amor das irmãs. (Naquela altura do campeonato, parece-me que ele as queria por causa da poção do amor verdadeiro. Mas, tal como foi mostrado a seguir, não era demasiado forte e ele teve que ir atrás dos cabelos de Charming e Snow…) Gerta e Helga disseram que apenas o seu apoio seria necessário mas Ingrid estava demasiado assustada.

Portanto, Ingrid acabou por matar a irmã sem querer e foi Gerta que colocou a irmã na urna. Foi uma decisão impossível para uma situação impossível. Grand Pabbie acabou por ter razão. Se calhar é por isso que Ingrid tanto odiava Anna… Das duas, ela era a mais parecida com Gerta. Será que Gerta estava a tentar alertar as filhas sobre Ingrid no papel da garrafa? E será que foi mesmo Anna que aprisionou Elsa na urna? Hum…

Ora então, em Storybrooke, Ingrid deixa-se apanhar por Emma. Há muito que estava à espera de uma conversinha entre estas duas! Ingrid colocou macaquinhos na cabeça de Emma e só me apeteceu estrangulá-la. Logo agora que tudo parece bem na casa na família Charming, esta tipa vem meter-se… E o que aconteceu depois… Pobre Emma! Ela não merecia aquilo, mas não posso culpar Snow (apesar de só me ter apetecido bater-lhe na altura). A cena em que Emma fugiu fez-me recordar os seus tempos da primeira temporada… Assim não!

Pergunto-me o que fez com que Emma perdesse o controlo dos poderes. Terá sido apenas as influências da Snow Queen ou ela fez-lhe algo? Ela já usa os poderes há algum tempo, não será um bocado tarde para perder o controlo deles? Elsa eu compreendia, ela não tinha qualquer espécie de treino, mas Emma ainda teve umas aulas com Regina…

Ai Regina, Regina. Ai, produtores, produtores. E que tal deixarem-se de tretas e darem-lhe uma história a sério? Já não há paciência para o romance shakespeariano de Robin Hood e Regina. Sim, já percebemos que é complicado. A mulher dele está de volta e agora foi congelada e ninguém sabe como fazê-la voltar ao normal. Sinceramente, o único aspeto positivo deste drama sem fim foi o Will Scarlet. Os ex-parceiros tinham que se reencontrar eventualmente!

Quanto ao Rumple… Enfim, ele quer o mesmo de todos os vilões. Poder. Quanto mais, melhor. O que será preciso para fazer o chapéu funcionar? Mais uma vez digo: isto vai acabar tão mal para ele. Nunca na vida ele terá tudo. Nem Belle conseguirá compreender.

Vá e uma breve menção a Aurora e a Cinderela que dera o ar de sua graça depois de imenso tempo sem aparecer! Bom saber que ainda andam por ali. E o bebé de Ashley não devia ser mais velho… e uma menina?

Por fim, um minuto de silêncio por ver a Branca de Neve, a Cinderela e a Bela Adormecida no mesmo espaço. Adorei.

Nota: 8.5/10

Maria Sofia Santos

Comentários