Artigo

"The Affair" – 01×01 – Pilot

Contém spoilers

One-liner: Um homem e uma mulher, ambos casados, iniciam um caso amoroso que irá trazer consequências. Não havia muito que eu soubesse sobre este piloto antes de o começar a ver. Tudo o que sabia era que alguém ia trair alguém, portanto The Affair trouxe-me várias surpresas.

Começamos por conhecer Noah, um homem casado e feliz, com quatro filhos (dois deles na adolescência). Noah é professor numa escola pública e adora o que faz. Recentemente lançou o seu primeiro livro e a vida é perfeita. Estamos no verão e ele e a família preparam-se para ir passar as férias grandes para casa dos pais de Helen, a mulher. Os sogros são ricos, têm piscina, campos de ténis, uma verdadeira mansão. Também o sogro de Noah é escritor, mas este já alcançou o sucesso que lhe permite levar uma vida de luxo.

Conhecemos a mulher com quem Noah vai ter um caso, Alison, quando ele e a família param num restaurante para comer. Depois os dois voltam a cruzar-se, por acaso, já tarde à noite, quando Noah decide ir dar um passeio por não conseguir dormir.

Depois somos levados a conhecer Alison. Basicamente passamos do ponto de vista de Noah para o de Alison e esta mudança é bastante interessante, porque não são apenas duas maneiras diferentes de ver as coisas, são duas formas que se complementam uma à outra. O lado de Alison ‘desconstrói’ algumas das coisas que assumimos quando vemos as coisas da perspectiva de Noah. Percebemos também que cada um deles se lembra do início do caso amoroso como tendo sido o outro a tomar sempre mais a iniciativa.

Com Alison percebemos que ela perdeu um filho com quatro anos e que o marido, Cole, parece de alguma forma culpar-se pelo que aconteceu. Alison está zangada com o mundo, mas Cole está a tentar manter a família à tona e a tentar ultrapassar (dentro do possível) o que aconteceu, mas parece não estar a resultar entre os dois.

Enquanto não percebemos porque é que alguém como Noah vai trair a mulher (sim, porque não há traição neste primeiro episódio, embora saibamos que é apenas uma questão de tempo), consegue perceber-se porque é que Alison o fará.

A história leva o seu tempo a avançar, mas nunca é enfadonha. Vai revelando pormenores suficientes para prender ao enredo, mas sem revelar demasiado.

Essencialmente, deixa-nos a pensar: porque é que tanto Noah como Alison estão a ser interrogados pela polícia à vez? Talvez a minha sensação de que algo terrível vai acontecer esteja certa… Lembram-se de ter dito que o filho de Alison morreu? Bem, no final ela diz ao detetive que está com pressa porque tem que ir buscar a criança. Há outra? Não me parece! Será a mesma? Não faço ideia.

Foi o melhor episódio piloto que vi esta Fall Season. Não que tenha visto muitos, mas este foi bom.

Nota: 8/10

Diana Sampaio

Artigo do parceiro

Comentários