Artigo

"The Walking Dead" – 05×05 – Self Help

Contêm Spoilers

Neste episódio deixámos Atlanta para trás e juntamo-nos à road trip de Abraham e do seu grupo em direcção a Washington.

Este episódio deu-nos a conhecer melhor o Abraham através de alguns flashbacks, trazendo assim mais densidade a esta personagem. Até aqui apenas sabíamos que é um homem duro, com um feitio explosivo e sempre na primeira linha quando o cenário implica matar Walkers.

Mais uma vez foi um episódio com um ritmo lento, começámos por ver o grupo num ambiente leve, todos estão bem dispostos e optimistas até que o autocarro onde seguem se despista no meio de um grande aparato e temos Walkers vindos de todos os lados atraídos pelo barulho. Conseguem escapar e procuram refúgio num biblioteca.

Ficamos a saber que Abraham está envolvido com Rosita e que Eugene gosta de ver as cenas de sexo entre eles (creepy e blargh!). E é aqui numa conversa com Tara que a máscara de Eugene começa a cair.

Vamos então falar do Eugene, o “salvador da humanidade”. Finalmente é revelado o seu grande segredo, aquilo que todos já suspeitávamos há bastante tempo…, ele é uma fraude, é um tipo esperto sim e conforme ele próprio diz é mais inteligente do que a maioria das pessoas mas…, não é nenhum cientista e não sabe de cura nenhuma para o vírus, é um homem fraco sem apetência para sobreviver sózinho e viu nesta mentira a sua única saída para se manter vivo.

Ao aperceber-se que Washington está cada vez mais perto, é ele que num acto de sabotagem ao autocarro faz com que este se despiste, é um homem desesperado em todos os sentidos mas esperto o suficiente para saber que o facto de responder a todas as perguntas que lhe são feitas em relação à cura com um: “That's classified!”, já não vai manter a sua fachada por muito mais tempo.

E não podemos falar do Eugene sem falarmos do Abraham, o homem cuja missão e razão de viver é manter o “cientista” vivo e fazê-lo chegar a Washington. Porquê? Porque no passado também o Eugene lhe salvou a vida! Hã??? Isso mesmo!

Num flashback vemos o Abraham a desfazer com pancada um tipo para defender a sua famÍlia, mas a sua mulher e filhos ficam demasiado assustados com tamanha violência e fogem enquanto ele dorme, desesperado vai procurá-los mas é tarde demais porque vemos os cadáveres e percebemos que não escaparam aos Walkers, mergulhado em dor e sem motivo para continuar a viver, mete o cano da arma na boca e no momento em que se vai suicidar, ouve uma voz a pedir socorro e vemos o Eugene a fugir de alguns Walkers, Abraham salva-o e o outro percebe que este é o homem certo para o proteger e diz-lhe que está numa missão, o Abraham perante este argumento encontra aqui uma nova razão para viver.

Voltando ao presente, é aqui que as coisas se desmoronam para o Abraham, o seu mundo cai por terra pois sem a sua missão que outro motivo é que ele tem para continuar? Qual será o seu objectivo de vida agora? Com a revelação de Eugene, a reacção de Abraham não poderia ser outra e esmurra-o com violência, só não o matando porque os outros o impedem.

Não foi dos meus episódios favoritos (mesmo assim gostei mais do que do episódio da semana passada), mas acho que foi importante vermos algo marcante do passado do Abraham para compreendermos o seu presente e o vermos a “quebrar”.

Com o Eugene quase morto e o Abraham agora sem uma “missão”, o resto do grupo ficou também sem um objectivo definido e vão ter de decidir rapidamente o que fazer a seguir.

Na próxima semana já vamos ter o Daryl e Carol de volta e mal posso esperar para ver o que vai acontecer! Yeah!!!

NOTAS FINAIS:

O Eugene depois do espancamento, será que sobrevive?

O Glenn e a Maggie vão ganhar juízo e voltar para o grupo do Rick?

Washington já era! O que é que o Abraham e a Rosita vão fazer a seguir?

Nota:7/10

Alexandra Leite

Artigo do parceiro

Comentários