Artigo

"The Whispers", a nova produção de Steven Spielberg

AVISO: ARTIGO COM SPOILERS


Com Steven Spielberg como produtor executivo e Lily Rabe e Milo Ventimiglia nos papéis principais, "The Whispers" era esperado com grandes expetativas. A história não trazia nada de novo. Já não é a primeira vez que Spielberg investe em extra-terrestres. E a televisão está a ser inundada de histórias de fantasia e ficção científica.

Lily Rabe dá vida a Claire Bennigan, uma detetive especialista em crianças que trabalha para o FBI. Esteve de baixa nos últimos três meses depois de ter ficado viúva… ou assim pensávamos. Gosto imenso da atriz e ela entrou no papel de cabeça. É uma mulher viúva que sofre pela morte do marido e pela traição. Roubava as atenções em todas as cenas em que aparecia. Graças a Deus. O colega dela é irritante até dizer chega.

Ora bem, esta nova ameaça extra-terrestre tem como primeiro alvo as crianças. As crianças, que raramente são levadas a sério e que graças a isso têm tanto poder. Ao mesmo tempo, é tão fácil manipulá-las. Que criança que se preze não gosta de jogos?! Qualquer um, desde que se divirtam e que tenham com quem brincar.

Houve só algumas coisas que não percebi. No final descobrimos que é o suposto falecido marido de Claire está a ser controlado pelos ETs, mas é ele que está em contacto com as crianças? E, já agora, porque é o raio do homem acordou no hospital a falar árabe? Então isto é uma história de ETs ou de terrorismo? Se ele fosse falar uma língua estrangeira, ao menos que fosse a dos ETs! Não percebi e espero que os próximos episódios me clarifiquem.

A seguir a Harper quase ter morto a mãe, Drill chega a Minx, cujo pai trabalha para o Departamento de Defesa. E cujo pai andou a dar umas voltinhas na cama com Claire. Que raio de confusão. Temos um quadrado amoroso, aliens… Pronto, vamos ver se isto resulta a longo prazo.

O pai de Minx, Wes Lawrence, encontra-se no deserto do Sara para descobrir o o avião em que Sean Bennigan (o marido de Claire) se despenhou… no Ártico. Os americanos não demorarão muito tempo a descobrir que há ali mão não terrestre, mas o presidente (que era caucasiano, o que me parece de muito mau gosto visto ser Obama a ocupar o lugar na Casa Branca) parece estar muito a par do que anda a acontecer. Oi?! Segredos e segredos. Entretanto, as criancinhas lá brincam.

Todo este plano dos aliens parece-me muito bem, mas usar o mesmo nome para todas as crianças? Ou faz parte de um plano ultra-secreto ou não é muito inteligente. Claire já anda a investigar o que se passa a todo o gás.

Parece-me uma série promissora. Há muitas perguntas sem resposta e não ficamos a saber exatamente o que se passa nem quem sabe o quê. Sabemos que andam à caça de crianças filhas de pessoas com poder dentro do governo americano. Agora isto pode tornar-se numa grande trapalhada confusa, numa novela, ou pode juntar-se à lista de séries de muitos.

Nota: 7/10

Maria Sofia Santos

Sabia mais sobre o Séries da TV em www.seriesdatv.pt

Artigo do parceiro

Comentários