Artigo

Viagem ao submundo da net

Nova encarnação, a quarta, de um dos mais prestigiados franchises televisivos do mundo, a saga «CSI», que já teve dois spin-offs («CSI:Miami» e «CSI:Nova York»), «CSI: Cyber» é uma viagem ao mundo mais negro da internet com as respetivas incidências no mundo real.

Alguns observadores pedem o fim deste franchise e defendem o cansaço de uma fórmula que tem em «CSI: Crime Sob Investigação» a sua bandeira, a série original, já na 15ª temporada, mas esta injeção de sangue novo que é «CSI: Cyber» altera ligeiramente as regras do jogo: não só existem personagens mais apelativos a um público jovem como a sua protagonista, uma atriz respeitada, acabou de vencer um Óscar por «Boyhood - Momentos de uma Vida» e marcou a cerimónia com um discurso na defesa dos mesmos direitos para homens e mulheres.

Patricia Arquete interpreta Avery Ryan, uma perita do FBI em comportamento humano que se tornou chefe de uma equipa de investigação de terrorismo cibernético formada por «outsiders» e ex-hackers após os dados dos seus pacientes terem sido roubados e utilizados para expor os seus pacientes.

Com 46 anos e veterana destas lides, vencedora de um Emmy por «Medium», Arquete tem presença e qualidade para atrair os espetadores para histórias que inicialmente aparentam ser desprovidas de personagens de carne e osso por se desenrolarem a partir da Internet, apesar de nos apercebemos que o cibercrime é perpetuado por pessoas reais com impacto danoso no dia-a-dia e os argumentistas conseguirem fazer o equilíbrio entre o digital e o real.

Ao lado de Patricia Arquete está, entre outros, James Van Der Beek, um ator que teve sérios problemas na vida real com o «hacking» após a sua identidade ter sido roubada, bem como dinheiro da sua conta, um caso que levou 14 meses a ser resolvido com a intervenção do FBI.

Os criadores de «CSI: Cyber» aperceberam-se que para lá do «crime da semana» é necessário existir um gancho que prenda a audiência e este encontra-se nos personagens que serão desenvolvidos ao longo da temporada. O público certamente irá ditar o sucesso de mais um spin-off para ver em Portugal no canal Fox, a partir de 6 de abril, às 22h15.

Artigo do parceiro

Comentários