"Cartas da Guerra", de  Ivo M. Ferreira, escolhido para representar o nosso país ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, não chegou ao grupo de nove pré-nomeados anunciado na quinta-feira o fim do dia pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Portugal aumenta assim o recorde do país que mais vezes submeteu filmes à consideração sem nunca ter sido nomeado: 32.

A produção com Miguel Nunes, Margarida Vila-Nova e Ricardo Pereira no elenco que adapta um livro de António Lobo Antunes com as cartas que enviou à sua mulher quando foi alferes em Angola foi a escolha da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas.

Os cinco escolhidos para Melhor Filme Estrangeiro nos Óscares serão conhecidos a 17 de janeiro, mas comités especiais formados por votantes da Academia em Los Angeles, Nova Iorque e Londres viram todos os pré-candidatos - 85 - para chegar aos nove finalistas:

"Tanna", de Bentley Dean e Martin Butler (Austrália)
"Tão Só o Fim do Mundo”, de Xavier Dolan (Canadá)
“Under Sandet / Land of Mine”, de Martin Zandvliet (Dinamarca)
“Toni Erdmann”, de Maren Ade (Alemanha)
“O Vendedor”, de Asghar Farhadi (Irão)
“Kongens Nei / The King’s Choice”, de Erik Poppe (Noruega)
“Ray / Paradise”, de Andrey Konchalovskiy (Rússia)
“En man som heter Ove / A Man Called Ove”, de Hannes Holm (Suécia)
“Ma Vie de Courgette”, animação de Claude Barras (Suíça)

A lista é notável pelas ausências, principalmente a de "Ela", de Paul Verhoeven, com Isabelle Huppert, pela França, considerado um favorito à nomeação.

Outras omissões são as de "Julieta", de Pedro Almodóvar, "Neruda", do chileno Pablo Larrain, e "Fogo no Mar", do italiano Gianfranco Rosi.

A 89ª  entrega dos Óscares está agendada para 26 de fevereiro de 2017 em Los Angeles, na Califórnia, com Jimmy Kimmel como anfitrião.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.