Muxima

Muxima

Muxima

Muxima

Muxima, que significa “coração” em Kimbundu, é uma elegia cinematográfica dedicada aos angolanos. A primeira versão conhecida de Muxima é de 1956, gravada em Luanda pelos Ngola Ritmos, banda nascida em 1947, cujos membro...

Muxima, que significa “coração” em Kimbundu, é uma elegia cinematográfica dedicada aos angolanos. A primeira versão conhecida de Muxima é de 1956, gravada em Luanda pelos Ngola Ritmos, banda nascida em 1947, cujos membros eram militantes do MPLA. Dividido em dez cantos, ou pequenos poemas visuais em forma de haikus, o filme conduz-nos rítmica e conceptualmente pelas diversas interpretações desta canção popular. O artista procurou realizar um filme com o mínimo de meios possível, contrastando as imagens degradantes sobre África com que diariamente somos confrontados. Apontando para a dicotomia entre a autoridade das imagens e a sua incapacidade de transmitir plenamente os eventos que elas expõem, Jaar reconhece na música uma grande capacidade de comunicar as experiências das pessoas.

Realização

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.