«Foi com grande pesar que a Farol Música seguiu os recentes acontecimentos relacionados com Angélico Vieira.

Nesta hora de luto, a atenção da editora está voltada para o apoio à família e amigos do artista respeitando o difícil momento que se está a viver.

Enquanto editora do artista desde o início da sua carreira musical, a Farol teve o privilégio de acompanhar toda a evolução do percurso brilhante do Angélico.

O artista dirigia-se a Lisboa onde, no evento da TVI «Morangomania», iria apresentar o primeiro tema do álbum em que estava a trabalhar, para edição ainda em 2011. Infelizmente tal não veio a acontecer, pelo que a Farol Música pretende respeitar o momento de luto que se está a viver e não irá adiantar quaisquer dados sobre este assunto. Todo o tipo de informações que possam vir a ser veiculadas, serão dadas a seu tempo e em total harmonia com a família.

A grande paixão do Angélico sempre foi a música, tendo iniciado a sua carreira profissional com os D’ZRT, cujo primeiro disco foi editado em 2005. Os D’ZRT editaram cinco álbuns ao longo da sua carreira, três originais e dois ao vivo. O último disco de originais dos D’ZRT, «Project» editado em Novembro de 2009, foi integralmente produzido pelo Angélico sendo autor ou coautor de todos os temas do álbum.

Em Setembro de 2008, o Angélico editou o seu primeiro álbum a solo de nome homónimo. Nele, é autor de todas as letras e músicas e responsável pela produção do mesmo.

O seu talento não se esgotava nos palcos, nas suas capacidades como intérprete, na sua presença e atitude impar; Angélico era compositor, autor das suas letras e um produtor com uma identidade musical muito especial».

No mesmo comunicado, a Farol Música recorda a carreira do cantor e ator:

«Angélico Vieira nasceu a 31 de dezembro de 1982, na Maternidade Alfredo da Costa. É português com raízes angolanas e a música sempre fez parte da sua vida.

Aos 21 anos inscreveu-se numa agência de modelos, a DXL Models, onde começou a fazer alguns trabalhos. Um ano depois participou num casting para os «Morangos com Açúcar», o que o catapultou para a fama. A série foi a rampa de lançamento para a formação dos D’ZRT, que se veio a tornar uma das bandas de maior sucesso de sempre em Portugal.

Progressivamente, Angélico foi procurando incrementar as suas competências enquanto músico, autor, produtor e, em pouco tempo, tornou-se um dos principais responsáveis pelo reportório dos D’ZRT tendo sido o produtor executivo do mais recente álbum da banda.

Editou, em 2008, o seu primeiro trabalho a solo o qual é o testemunho mais fiel das qualidades artísticas e musicais de Angélico Vieira.

Mais recentemente, produziu e interpretou a versão portuguesa do genérico da «Casa dos Segredos» e foi o intérprete de um dos maiores sucessos actuais da música de dança «When I Fall in Love», produzido por Mastiksoul&Dada».

Videoclip de «When I Fall in Love»

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.