Artigo

Gillian Anderson quer ser o próximo 007

A estrela de "Ficheiros Secretos" colocou-se na corrida através do Twitter e as redes sociais adoraram.

Gillian Anderson "colocou-se" na corrida para suceder a Daniel Craig e tornar-se a primeira Bond feminina, ao colocar no seu Twitter um poster dela própria como 007. E com data: novembro de 2017.

A acompanhar a imagem estava a hashtag #NextBond e a reformulação da frase mais icónica da personagem: "It´s Bond, Jane Bond".

As suas chances podem não ser famosas, mas a sugestão da atriz que se tornou uma estrela global como a agente Scully da série "Ficheiros Secretos" vai recebida com entusiasmo nas redes sociais, tornando-se viral.

Para isso também tem contribuído o renovado interesse em redor da sucessão de Daniel Craig.

Na semana passada, a comunicação social britânica dava conta que Craig tinha decidido não voltar a ser James Bond, recusando uma oferta milionária do estúdio MGM de 68 milhões de libras (88,5 milhões de dólares).

Ao mesmo tempo, deixaram de ser aceites apostas em Tom Hiddleston depois de constar que teria sido visto a conversar com Sam Mendes, realizador de "007: Skyfall" e "007 - Spectre" e a produtora da saga Barbara Broccoli.

Também na corrida não oficial estariam Idris Elba e Damian Lewis, antiga estrela da série "Segurança Nacional".

A obsessão com o primeiro, que se tornaria o primeiro negro como 007, foi tão grande que este comentou que era provavelmente "o ator Bond mais famoso do mundo e nem sequer interpretei o papel".

Comentários