Artigo

Realizador de «Wolverine» junta Rosamund Pike e Christian Bale

Com a contratação para «The Deep Blue Good-by», confirma-se que a atriz é uma forte aposta após o sucesso de «Em Parte Incerta».

Rosamund Pike vai juntar-se a Christian Bale na adaptação do bestseller «The Deep Blue Good-by».

A participação confirma a aposta que a FOX está a fazer na atriz, uma vez que, pouco depois da estreia e sucesso comercial de «Em Parte Incerta», de David Fincher, do mesmo estúdio, que lhe valeria uma nomeação para os Óscares, rapidamente lhe ofereceu também o principal papel feminino ao ldo de Charlie Hunnam num outro projeto, «The Mountains Between Us», um drama que tem como base uma história de sobrevivência após um acidente de avião.

«The Deep Blue Good-by» baseia-se no primeiro de uma série de 21 livros de John D. MacDonald, um dos melhores escritores romances de mistério do século XX dos EUA, que começou a ser publicada em 1964.

No centro da história está Travis McGee (Bale), um homem que, por uma quantia, recupera bens valiosos de pessoas pouco escrupulosas quando os seus clientes não podem recorrer à justiça para o fazer. Nesse trabalho, McGee acaba por entrar sempre em confronto com indivíduos pouco recomendáveis e seduzir várias mulheres.

O argumento é da autoria de Dennis Lehane, escritor de culto de grandes romances de crime como «Mystic River», «Vista Pela Última Vez...» e «Shutter Island», que foi revisto por Scott Frank, argumentista de «Relatório Minoritário» (2002) e «Wolverine» (2013).

Ainda sem previsão de rodagem ou estreia, «The Deep Blue Good-by» reúne Bale com o realizador James Mangold pela primeira vez desde o «western» «O Comboio das 3 e 10» (2007). Mangold também fez filmes como «Walk the Line» (05) e «Wolverine» (13).

Comentários