Artigo

Morreu Sam Simon, um dos criadores de "Os Simpsons"

Sam Simon, um dos criadores de "Os Simpsons", morreu no passado domingo, vítima de cancro. O produtor norte-americano de 59 anos dedicava-se também a várias instituições filantrópicas.

O vencedor de nove Emmys (sete por "Os Simpsons" e dois por "The Tracey Ullman Show") sofria de um cancro no cólon em fase terminal, já anunciado em 2013, e morreu em casa, em Los Angeles, precisou a revista Variety.

Simon doou a sua fortuna a projetos contra a fome e dedicados à defesa dos direitos dos animais, causas às quais já se havia associado em várias ocasiões. De acordo com o IMDB, o dinheiro que recebia seria cerca de 10 milhões de dólares por ano (9,2 milhões de euros).

Trabalhou em "Os Simpsons" desde a estreia, em 1989, tendo sido um dos criadores da série ao lado de Matt Groening e James L. Brooks. Em 1993, deixou o papel de showrunner, supervisor e consultor criativo e assumiu a função de produtor executivo.

Antes da série de animação, começou por "Taxi", "Cheers" ou "It’s Garry Shandling’s Show" como produtor e argumentista. Depois, dedicou-se sobretudo ao papel de realizador em séries como "Friends", "Men Behaving Badly" e "The Norm Show". Mais recentemente, foi produtor executivo e argumentista de "House of Cards" e dirigiu alguns episódios de "Anger Management".

Matt Groening descrevia-o como "brilhantemente engraçado" e "mentalmente instável".

@SAPO com Lusa/ Foto @AFP

Comentários