No Jardim do Mundo

No Jardim do Mundo

No Jardim do Mundo

No Jardim do Mundo

Na imensa planície alentejana, sulcada por estradas novas e transtornada por grandes obras, homens e mulheres, antigos trabalhadores agrícolas desfrutados pelos lavradores de antigamente, confidenciam quanto a vida deles mudou. Lembram-se das condiçõe

Na imensa planície alentejana, sulcada por estradas novas e transtornada por grandes obras, homens e mulheres, antigos trabalhadores agrícolas desfrutados pelos lavradores de antigamente, confidenciam quanto a vida deles mudou. Lembram-se das condições de miséria às quais eram sujeitos antes do 25 de abril. O trabalho que faziam nos campos do nascer ao pôr do sol não chegava a alimentá-los. Só a fome, a poesia e o sol lhes pertenciam.

Realização

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.