Artigo

Escândalo Harvey Weinstein: Quentin Tarantino quebra o silêncio sobre o produtor dos seus filmes

O realizador tem uma longa associação profissional e pessoal com o produtor envolvido num escândalo de abusos sexuais.

O realizador Quentin Tarantino quebrou o silêncio que mantinha há uma semana em relação às acusações de assédio e abuso sexual contra Harvey Weinstein, amigo próximo e o produtor de todos os seus filmes.

A atriz Amber Tamblyn publicou um depoimento em nome do seu amigo que diz: "Durante a última semana tenho estado atordoado e de coração partido pelas revelações que vieram a público sobre o meu amigo de 25 anos Harvey Weinstein. Preciso de mais alguns dias para lidar com a minha dor, emoções, raiva e memórias e então falarei publicamente sobre isso".

Numa publicação anterior na rede social, a atriz, que fez uma participação em "Django Libertado", explicou que tinha tido "um longo jantar" com Tarantino, que então lhe pediu para publicar a sua reação.

Quentin Tarantino e Harvey Weinstein são amigos chegados e o produtor organizou a festa de noivado do realizador em Nova Iorque a 23 de setembro.

A Miramax e a The Weinstein Company produziram e distribuíram todos os filmes do realizador: "Cães Danados" (1992), "Pulp Fiction" (1994), "Jackie Brown" (1997), "Kill Bill" (2003-2004), "À Prova de Morte" (2007), "Sacanas Sem Lei" (2009), "Django Libertado" (2012) e "Os Oito Odiosos" (2015).

Mais de 30 mulheres denunciaram ter sido algo de assédio sexual do produtor desde que foi publicada uma investigação explosiva no The New York Times a 5 de outubro que incluía detalhes de oito acordos monetários com alegadas vítimas.

Outra investigação no New Yorker alargou as acusações com a violação de Asia Argento. Na quinta-feira à noite, também Rose McGowan declarou ter sido violada.

VEJA TAMBÉM:

Um dos mais poderosos de Hollywood despedido devido a escândalo de assédio sexual

De Meryl Streep a Judy Dench: Atrizes condenam Harvey Weinstein devido a casos de assédio sexual

Harvey Weinstein: Polícias de Nova Iorque e Londres investigam denúncias de assédio sexual

Escândalo Harvey Weinstein: Kate Beckinsale também foi vítima de assédio

Harvey Weinstein: Escândalo sexual do produtor chega aos Óscares

Academia Britânica de Cinema e TV suspende Harvey Weinstein

Leonardo DiCaprio reage a acusações de assédio sexual contra Harvey Weinstein

Comentários