Quero-te Tanto!

Quero-te Tanto!

Quero-te Tanto!

Quero-te Tanto!

Uma comédia romântica de Vicente Alves do Ó.
Quem nunca fez disparates por amor? Pepê e Mia vão ser pais. Desesperados por garantir estabilidade financeira, assaltam o armazém das “rapidinhas da sorte” após consulta à Madame Ping Pong, uma vidente que lê o futuro no Mikado. O assalto falha e o casal é preso. Pepê é enviado para a penitenciária de Lisboa e Mia para Serpa. Mas não há muros nem justiça que os separe! Entre voos de balão, festas de cosplay, fugas em carros funerários, sonhos com a Patagónia, alentejanos velocistas e um conjunto de amigos que mais parecem personagens de banda-desenhada, o amor triunfará!

Críticas

Hugo Gomes
Ler crítica

Notícias relacionadas

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.