Le Havre

Le Havre

Le Havre

Le Havre

Marcel Marx, um antigo escritor e conhecido boémio, retirou-se para um exílio voluntário na cidade portuária de Le Havre, onde se sente mais próximo das pessoas ao servi-las na nobre, mas pouco lucrativa, profissão de engraxador de sapatos...

Marcel Marx, antigo escritor e boémio famoso, exilou-se voluntariamente na cidade portuária do Havre onde a sua profissão, honrada mas não remuneradora, de engraxador de sapatos lhe dá o sentimento de estar mais próximo das gentes servindo-as. Ele resignou-se da sua ambição literária e leva uma vida satisfatória dentro do triângulo constituído pelo bar do canto, o seu trabalho e a sua mulher Arletty, quando o destino põe, bruscamente no seu caminho, uma criança imigrada oriunda da África negra. Ao mesmo tempo, Arletty fica gravemente doente e deve alectuar-se, Marcel sendo obrigado a confrontar-se novamente ao muro frio da indiferença humana com, por únicas armas, o seu optimismo nato e a solidariedade obstinada dos habitantes do seu bairro. Ele enfrenta a mecânica cega de um Estado de direito ocidental, representado pelo torno da polícia que aperta cada vez o jovem refugiado. Chegou a altura de Marcel engraxar os seus sapatos e mostrar os dentes.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.