A Gruta dos Sonhos Perdidos

Cave of Forgotten Dreams

A Gruta dos Sonhos Perdidos

Cave of Forgotten Dreams

As grutas de Chauvet só foram vistas por um pequeno número de pessoas. Agora, Werner Herzog leva-nos ao seu interior onde estão as gravuras mais antigas da humanidade até hoje conhecidas

Durante mais de 20000 anos, as Grutas Chauvet estiveram completamente seladas por uma enorme pedra, escondendo o seu interior incrustado a cristal, do tamanho de um campo de futebol e recheado com os restos de gigantescos mamíferos da Idade do Gelo. Em 1994, um grupo de cientistas descobriu as grutas e encontrou centenas de pinturas cristalinas, espectaculares obras de arte datando de mais de 30000 anos – quase o dobro de outra qualquer descoberta do género – uma era onde os Neanderthal ainda habitavam a Terra, e ursos das cavernas, mamutes e leões da Idade do Gelo eram a população dominante da Europa. Desde então, poucas pessoas tinham tido acesso às Grutas Chauvet, e o verdadeiro significado do seu conteúdo permaneceu desconhecido – até que Werner Herzog conseguiu autorização para lá fazer um filme. Filmando em 3D, Herzog capta a beleza e a maravilha de um dos mais inspiradores locais da Terra, ao mesmo tempo que divaga, no seu inimitável estilo, sobre os seus habitantes originais, o nascimento da Arte e as curiosas populações que rodeiam hoje em dia as grutas.

Realização
Argumento

Notícias relacionadas

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.