com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €32,99/mês. Exclusivo Online.

Aniki Bóbó

Aniki Bóbó

Aniki Bóbó

Aniki Bóbó

A primeira longa metragem de Manoel de Oliveira, segundo o conto de Rodrigues de Freitas, "Meninos Milionários", em cópia restaurada. O título é a invocação de um jogo infantil para dividir os que serão "polícias" e "ladrões". Uma belíssima incu

Dois garotos, o Carlitos (Horácio Silva) e o Eduardinho (António Santos), gostam da mesma rapariga, a Teresinha (Fernanda Matos). Um é audacioso, brigão, atrevido; o outro é de carácter tímido, bom, sossegado. A rivalidade vai-se acentuando e, um dia, para agradar à sua apaixonada, Carlitos rouba uma boneca. Teresinha sente-se inclinada para ele até que um dia, numa inocente brincadeira, Eduardinho escorrega por um talude e cai ao lado de um comboio que passa. Todos pensam que Carlitos o empurrou e todos passam a afastar-se dele, enquanto Eduardinho sofre numa cama de hospital. Carlitos pensa em fugir num barco ancorado no cais de Massarelos, mas tudo se esclarece por intervenção do dono da “loja das tentações” que vira o acidente e que, no final, tira todas as suspeitas de cima do jovem Carlitos. E os garotos lá puderam de novo jogar aos polícias e ladrões, ao jogo do Aniki-Bobó…

Notícias relacionadas