Intimidade

Interiors

Intimidade

Interiors

Um filme de Woody Allen com Kristen Griffith, Mary Beth Hurt, Richard Jordan (Caça ao Outubro Vermelho, Dune) e Diane Keaton (Duas Irmãs, O Pai da Noiva, Manhattan).

"Um agudo e mordaz estudo sobre o comportamento humano intensivamente provocante" (New York Daily News) Intimidade marca o advento cinematográfico de Woody Allen. No seu primeiro filme dramático, o interesse de Allen pela condição humana não é puramente uma farsa nem esta limitada a gags espirituosos e mordazes. Explorando a dinâmica de uma família em crise, Intimidade "está destinado a ser um marco na história da realização Norte-americana" (The Hollywood Reporter). Quando Eve (Geraldine Page) uma designer de interiores se vê subitamente abandonada pelo seu marido, Arthur (E.G. Marshall), as glaciares relações emocionais das suas três filhas são postas a nu. Torcidas pelo ciúme, insegurança e ressentimentos, Renata (Diane Keaton), uma escritora bem sucedida e Joey (Marybeth Hurt), uma actriz em crescente sucesso, lutam por conseguir comunicar a fim de poupar a sua abalada Mãe. Mas quando o seu pai, inesperadamente se apaixona por outra mulher (Maureen Stapleton) a decisão de se casar novamente desencadeia uma terrível volta do destino... com consequências inesperadas.

Notícias relacionadas

  • Crítica«Intimidade»
    Crítica«Intimidade»
    Um filme triste e grave, «bergmaniano» até à medula, percorrendo os labirintos de uma família lentamente destruída pelos seus fantasmas interiores.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.