Mon colonel

Mon colonel

Mon colonel

Mon colonel

1995, Paris. Raoul Duplan, um coronel reformado, é encontrado em casa com uma bala na cabeça. Uma carta anónima é enviada aos investigadores: "O coronel morreu em Saint-Arnaud". 1957, Saint-Arnaud, Este da Argélia. Um jovem o...

1995, Paris. Raoul Duplan, um coronel reformado, é encontrado em casa com uma bala na cabeça. Uma carta anónima é enviada aos investigadores: "O coronel morreu em Saint-Arnaud". 1957, Saint-Arnaud, Este da Argélia. Um jovem oficial jurista, Guy Rossi, inicia funções junto do coronel Duplan. A máquina dos poderes especiais e da tortura institucionalizada põe-se tranquilamente em marcha fazendo do jovem jurista um carrasco e acabando por apanhar Duplan quarenta anos mais tarde.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.