com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €29,99/mês. Exclusivo Online.

O Judeu

Antônio José da Silva, O Judeu

O Judeu

Antônio José da Silva, O Judeu

António José da Silva, sua mãe Lourença Coutinho e sua mulher Leonor de Carvalho recebem ordem de prisão, acusados do crime de heresia. No interior do Palácio dos Estaus, respondem aos vários interrogatórios que formarão ...

António José da Silva, sua mãe Lourença Coutinho e sua mulher Leonor de Carvalho recebem ordem de prisão, acusados do crime de heresia. No interior do Palácio dos Estaus, respondem aos vários interrogatórios que formarão o processo segundo o estabelecido pelos estatutos do Santo Ofício da Inquisição. Os três acusados sabem que a penalidade para os reincidentes em crime de heresia é a pena de morte. No cárcere, António José da Silva recorda sua vida anterior à prisão: a infância, o encontro com Leonor, o primeiro processo, e sobretudo as personagens criadas por ele e representadas no teatro do Bairro Alto. Entretanto, na Corte, Alexandre de Gusmão, secretário do rei, intercede junto a D. João V pelo Judeu, provocando um confronto entre os poderes temporal e espiritual. António José da Silva é queimado em praça pública num auto de fé, a 18 de Outubro de 1739, enquanto se representa no teatro do Bairro Alto a última peça escrita pelo Judeu.