Pequenas Flores Vermelhas

Kan shang qu hen mei

Pequenas Flores Vermelhas

Kan shang qu hen mei

Será que ele irá render-se ao regime adulto imposto em volta dele, ou será que insistirá em crescer á maneira dele, e pelas regras dele?

Qiang é um pequeno rebelde de 4 anos, com uns olhos luminosos e uma vontade precocemente indominável. Uma vez que os seus pais estão frequentemente ausentes, o pai de Qiang deixa-o num infantário residencial bem provido na Pequim pós-1949. Individualista feroz, Qiang tenta conformar-se com o modelo imposto pelos professores. Embora continue a desejar o prémio que os outros estudantes ganham: as pequenas flores vermelhas premiadas todos os dias como símbolo de bom comportamento, Qiang não ganha nenhuma flor pois nem sequer consegue vestir-se e nem brinca com as outras crianças. Gradualmente, o carisma e a fanfarronice dele começam a ganhar magnetismo perante os colegas: as pequenas dissimuladas rebeliões deles ganham força quando ele é bem sucedido em convencer todos que a Professora Li é um monstro disfarçado que come crianças. Será que ele irá render-se ao regime adulto imposto em volta dele, ou será que insistirá em crescer á maneira dele, e pelas regras dele?

Realização

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.