Se Eu Fosse Ladrão... Roubava

Se Eu Fosse Ladrão... Roubava

Se Eu Fosse Ladrão... Roubava

Se Eu Fosse Ladrão... Roubava

O último filme de Paulo Rocha, finalizado já postumamente, é uma espécie de autobiografia cinematográfica, com referências da quase totalidade dos seus filmes.

Este é um filme de memórias. Tendo como fundo, os Brasileiros torna viagem, acompanhamos Vitalino. Estamos nos anos vinte, um pequeno lavrador de S. Vicente vê o seu pai morrer com a peste que dizíma o País. Alguns anos mais tarde, de todos os irmãos Vitalino é o mais aguerrido e toma o lugar de homem da casa. Mas a aldeia onde vive é demasiado pequena para as suas aspirações, decide rumar ao Brasil deixando as suas irmãs encarregues dos trabalhos da casa. Em paralelismo com a história de Vitalino entramos no mundo cinematográfico de Paulo Rocha, percorrendo os seus filmes e fantasmas ao longo destes anos.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.