Tout est pardonné

Tout est pardonné

Tout est pardonné

Tout est pardonné

Mia Hansen-Love estreou-se no cinema como actriz, em «Fin Août, Début Septembre», de Olivier Assayas. «Tout est pardonné», o seu primeiro filme como realizadora, impressionou a crítica pelo domínio da mise en scène. Trata-se de uma crónica fami

Mia Hansen-Love estreou-se no cinema como actriz, em «Fin Août, Début Septembre», de Olivier Assayas. «Tout est pardonné», o seu primeiro filme como realizadora, impressionou a crítica pelo domínio da mise en scène. Trata-se de uma crónica familiar, em que um pai e uma filha se reencontram onze anos depois da célula familiar ter sido destruída pela toxicodependência do homem.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.