A Vida Invisível

A Vida Invisível

A Vida Invisível

A Vida Invisível

Um melodrama tropical de Karim Aïnouz, com Gregório Duvivier.

Rio de Janeiro, 1940. Duas irmãs, Eurídice (Carol Duarte), uma jovem talentosa, mas bastante introvertida e Guida (Julia Stockler), a irmã mais velha, contrariamente, é uma mulher extremamente extrovertida. Ambas vivem num rígido regime patriarcal, que as leva a seguir caminhos completamente diferentes: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice esforça-se para seguir a sua carreira na área da música, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor com Antenor (Gregório Duvivier).

Críticas

Hugo Gomes
Ler crítica

Notícias relacionadas

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.