O lendário escritor Stephen King está a ser criticado nas redes sociais por ter declarado, a propósito das nomeações para os Óscares, que a "qualidade" é mais importante nas artes do que a "diversidade".

Na segunda-feira foram conhecidos os nomeados para as estatuetas douradas e a lista foi criticada por não ter mulheres na categoria de Melhor Realização e poucas pessoas de minorias nas categorias de interpretação.

Veja a lista completa de vencedores
Veja a lista completa de vencedores
Ver artigo

Stephen King resolveu abordar a controvérsia na terça-feira: "Como escritor, apenas me é permitido nomear em três categorias: Melhor Filme, Melhor Argumento Adaptado e Melhor Argumento Original. Para mim, o tema da diversidade - pelo menos aplicada a atores e realizadores - não surgiu. Dito isto... nunca consideraria a diversidade em matéria de arte. Apenas qualidade. Parece-me que fazer o contrário seria errado".

Não demoraram a surgir as críticas nas redes sociais, ainda que as reações, pelo menos das contas verificadas, tenham sido educadas.

A realizadora Ava DuVernay disse que os comentários de King eram "tão retrógrados e ignorantes que dá vontade de voltar para a cama".

A escritora Roxane Gay disse que "enquanto fã, isto é penoso ler da sua parte. Sugere que diversidade e qualidade não podem ser sinónimos. Não são coisas separadas. A qualidade está em todo o lado, mas a maioria das indústrias apenas acredita em qualidade de uma demografia".

Morgan Jerkins, editora da Zora, também reagiu: "Com o maior respeito, acho isto um pouco injusto. Quando os filmes criados por pessoas de cor, independentemente da qualidade, são constantemente ignorados por instituições predominantemente compostas por homens brancos, existe aqui um preconceito implícito a funcionar".

Stephen King veio mais tarde explicar o que queria dizer: "A coisa mais importante que podemos fazer enquanto artistas e pessoas criativas é garantir que todos tenham a mesma oportunidade, independentemente do género, cor ou orientação sexual. Neste momento, essas pessoas estão mal representadas e não apenas nas artes. Não se pode ganhar prémios se ficar excluído do jogo".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.