Donald Trump chamou "feia", "gorda" e "preguiçosa" a Madonna, depois de a cantora ter rejeitado um encontro com o atual presidente norte-americano. A revelação é feita por Mary L. Trump, sobrinha do magnata, no livro "Too Much and Never Enough: How My Family Created the World’s Most Dangerous Man".

"Ele tinha em mente uma coleção de mulheres com quem esperava sair, mas que depois quanto o recusavam elas tornavam-se as piores, mais feias e mais gordas que ele já tinha conhecido”, revela a sobrinha de Donald Trump, citada pela imprensa norte-americana.

"As maiores 'negas' que ele levou foram da Madonna, que mastigava uma pastilha elástica de uma forma que ele achou ‘não atraente’", conta no livro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.