Nos últimos meses, o governo de Donald Trump tem acusado o Tik Tok de espionagem, tendo o presidente norte-americano ameaçado bloquear a aplicação de vídeos nos Estados Unidos. Mas caso a ferramenta seja banida em solo norte-americano, Kanye West já parece ter uma alternativa.

No Twitter, o rapper norte-americano confessou que teve uma "visão" para criar um novo projeto, o "Jesus Tok", uma versão cristã do Tik Tok. "Chegou uma visão até mim? Jesus Tok? Estava com a minha filha a usar o Tik Tok e, como pai cristão, estava perturbado com muito do conteúdo", contou, confessando que "adorou a tecnologia".

Nas redes sociais, o rapper norte-americano pediu ainda aos fãs que "rezem" para que seja possível criar uma versão cristã da aplicação em parceria com o Tik Tok.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.