Dramáticas, controversas, muitas vezes trágicas e sempre cheias de música, as vidas dos músicos populares do século XX têm sido muito vezes recriadas no cinema. Johnny Cash, John Lennon, Ray Charles, Cole Porter ou Tina Turner já tiveram direito a «biopics», e há até casos como os de Elvis Presley, a surgirem em ficções que se apropriam do mito da sua image, como «Bubba Oh-Tep» ou «Heartbreak Hotel».

Geralmente, o mais elogiado nestes filmes é a prestação dos atores principais, que muitas vezes se colam de forma admirável aos biografados. Por estes papéis, já ganharam Óscares atores como Jamie Foxx (como Ray Charles), Marion Cotillard (como Édith Piaf) ou Sissy Spacek (como Loretta Lynn).