A atriz portuguesa de cinema e teatro Maria Cabral morreu no sábado, em Paris, aos 75 anos, informou esta madrugada a Academia Portuguesa de Cinema.

“O Cerco" (1970) e "Vidas" (1984), de António da Cunha Telles, "O Recado" (1972), de José Fonseca e Costa, "Um Adeus Português" (1986), de João Botelho, e "No Man’s Land" (1985), de Alain Tanner, foram alguns dos filmes em que participou.

“Maria Cabral foi rosto e símbolo do Novo Cinema Português”, disse a Academia Portuguesa de Cinema, através da sua página de Facebook, onde lamenta, “com grande tristeza”, a morte da atriz.

A atriz foi depois viver para Paris onde continuou a trabalhar maioritariamente no teatro.

A atriz foi casada com Vasco Pulido Valente, com quem teve uma filha.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.