O realizador americano Woody Allen vai estrear-se aos 83 anos no templo da música lírica italiana, o Scala de Milão, como diretor da ópera "Gianni Schicci", de Giacomo Puccini, num momento em que a sua imagem ainda está ofuscada por antigas acusações de abuso sexual.

Woody Allen: Christoph Waltz lidera elenco do novo filme. Rodagem será em Espanha
Woody Allen: Christoph Waltz lidera elenco do novo filme. Rodagem será em Espanha
Ver artigo

A obra, que já foi montada em Los Angeles em 2008, será apresentada de 6 a 19 de julho na famosa casa da ópera.

Allen conta no elenco com os estudantes da Academia do Scala, o barítono italiano Ambrogio Maestri e o diretor de orquestra húngaro Adam Fischer.

"Tinha curiosidade em ver como os estudantes iam gerir as dificuldades para interpretar uma ópera cómica. Fiquei impressionado. Fizeram um trabalho incrível", afirmou o cineasta de 83 anos, em conferência de imprensa.

Woody Allen explicou que foi contactado por Plácido Domingo para montar a ópera, mas que o barítono levou dez anos para convencê-lo.

"Eu não sabia se tinha a capacidade de dirigir algo assim, fiz filmes e um pequeno teatro", confessou o cineasta de filmes como "Manhattan" e "Annie Hall".

"É muito diferente dos filmes", admitiu.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.