O Cubase 4 representa a última novidade em consolas de trabalho para áudio digital. Desenhado por profissionais de raiz, este programa consegue aliar qualidade sonora, manipulação intuitiva e uma vasta gama de ferramentas avançadas, áudio e MIDI, para composição, gravação, edição e mistura.

Novas Funcionalidades

Secção de controlo


A mesa de mistura no Cubase 4 foi expandida com um poderosa secção de controlo. É agora possível a ligação de múltiplos monitores de controlo e de fontes externas (CD, DVD, cassete, etc.)
directamente ao seu hardware áudio e alterá-los através de um intuitivo painel de controlo. A secção controlo (control room) oferece também um canal talkback, um auscultador bus e a possibilidade de criação de até 4 canais de misturas (monitor mixes), ou seja, cada canal oferece agora uma secção distinta para envio de sons de forma separada, para um maior e melhor controlo.


Novo set plug-in - VST3

O Cubabase 4 não só incluiu um novo set de plug-ins de efeitos áudio, mas também marca o próximo grande passo na tecnologia de plug-ins VST. Os plug-ins VST3 oferecem grandes novidades, tanto para os programadores como para os utilizadores. Estes plug-ins podem ajustar o número de bus áudio a usar, consoante o canal em que estão inseridos (mono, stereo, 5.1, etc). Uma função para detectar silêncio evita que um determinado plug-in processe um canal áudio de forma exaustiva - isto ajuda a diminuir o esforço geral do CPU. Os plug-ins VST3 suportam de origem os Macintosh com processadores Intel. Para os programadores, há muito mais funcionalidades e ferramentas para descobrir.

Existem, nesta nova versão, 30 plug-ins áudio e MIDI - completamente novos. Muitos dos plug-ins anteriores, foram revistos e actualizados para esta versão, aumentando o número para um total de 50 plug-ins áudio.

Uma dos muitos destaques destas novas configurações e funcionalidades, é o poderoso equalizador, que se encontra disponível dentro do novo canal EQ. Outros destaques incluem ainda um compressor vintage, studio chorus, compressor multibanda, um duplicador de voz (apelidado de Cloner) e ainda um
modeling guitar amplifier com
speaker cabinet simulation.

Uma característica não relacionada com o VST3, mas com a mesa de mistura do próprio cubase, é o facto de se poder alterar os efeitos utilizando o método
drag and drop. Este processo funciona para um só canal assim como para vários.

Novos Instrumentos Virtuais

O Cubase 4 introduz 4 novos instrumentos virtuais: HALion One, Prologue, Spector e Mystic. O HALion One é uma versão especial do tão aclamado
HALion virtual sampler da Steinberg, e coloca a sua disposição centenas de instrumentos de qualidade. Os conteúdos do HALion One são baseados nos conhecidos samples da Yamaha utilizados na sua já famosa série de sintetizadores
Motif.

O Prologue é um módulo polifónico de sintetização analógica com excelentes filtros sonoros e poderosas capacidades de modelagem. Com um filtro de espectro muito flexível, o Spector oferece-lhe um maior leque de sintetizadores para pormenores detalhados de som e texturas, enquanto que o Mystic usa uma forte combinação de modeladores físicos e filtros de espectro para criar uma vasta gama de
texturas sonoras pouco comuns, que passam pelo
darkly emotive - muito originais ou simplesmente "estranhas"?. O Prologue, Spector e o Mystic contemplam tecnologia
VirSyn e trazem centenas pré-definições para lhe facilitarem o começo.

SoundFrame - Universal Sound Manager

A SoundFrame é um conjunto de funcionalidades, as quais incluem uma completa
Universal Media Library, dentro da Cubase4. A Soundframe combina as novas pistas de instrumentos, templates de pistas e funções de categorização VST3 com uma base de dados conhecida como MediaBay.
- Permite-lhe gerir qualquer som proveniente de qualquer sintetizador (software ou hardware) sobre um único e simplificado interface (MediaBay)
- Pode ajudá-lo a descobrir qualquer som, não só por instrumento mas também por categoria, tipo, estilo, personalidade ou outros atributos.
- Traz incluída mais de 1000 sons prontos a usar, que se encontram também organizados por instrumentos, tipo, etc. Estes podem ser pré visualizados instantaneamente mesmo antes de os instalar.
- Gere as predefinições dos efeitos no seu plug-in VST. Estes podem também ser organizados em diferentes categorias para que possa criar uma biblioteca de efeitos.
MediaBay - sistema de gestão de ficheiros média

Para poder acompanhar a sempre crescente oferta de sons, samples e loops, o Cubase 4 vem equipado com um sistema de gestão de ficheiros média conhecido como MediaBay. Esta é o centro da sua navegação, pesquisa e gestão de qualquer ficheiro média. A qual inclui ficheiros áudio e MIDI, instrumentos, plug-ins predefinidos, vídeos etc.

Ferramentas de pesquisa avançadas e um interface de navegação muito intuitivo permite-lhe aceder a qualquer ficheiro de som que se encontre no seu sistema. O MediaBay inclui também um editor de tags para que possa aplicar os seus próprios atributos. A secção Scope permite-lhe pré-visualizar os seus ficheiros áudio, MIDI, entre outros e oferece-lhe ainda a possibilidade de escutar os seus próprios loops dentro do tempo das suas músicas.



Pré Definições de Pistas (Track Presets)

Uma das mais úteis características do Cubase 4 é o sistema de pré definição de pistas (track preset), especialmente quando combinado com o MediaBay. O track presets armazena qualquer aspecto das definições de pista/canal para áudio, MIDI ou pistas de instrumentos. Também poderá gravar combinações de pistas como pré definições. Quase todas as definições de pistas e da mesa de mistura, são armazenáveis, incluindo volume, informação de pan, todas as definições dos efeitos introduzidos assim como as equalizações de cada canal. Para pistas de instrumentos, todos os dados são guardados dentro de um tack preset, enquanto que para pistas MIDI, é guardado a porta MIDI assim como o canal.

As pré definições, podem ser guardadas com atributos, como categoria ou estilo, entre outros.


Pistas de Instrumentos

O Cubase 4 apresenta um novo tipo de pistas: as pistas de instrumentos. Estas oferecem aos utilizadores um método rápido e eficiente para uso de instrumentos virtuais. Como alternativa à rack VSTi, as pistas de intrumentos oferecem um único input MIDI e um único output stereo, dentro de cada canal/pista. Definir um instrumento VST e começar a tocá-lo, é agora um processo muito simples.

Melhoramentos no editor de pautas avançado


O editor de pautas do Cubase 4 sofreu profundas alterações, incluindo novas funcionalidades outras ferramentas. Os compositores não necessitam de se preocupar pois nenhuma das anteriores funções foi retirada. Todas as funções e ferramentas da versão anterior continuam disponíveis.

Interface de utilizador redesenhado


Desenhado com uma meticulosa atenção com os detalhes, o Cubase 4 apresenta um interface de utilizador extremamente intuitivo e melhorado. A visão geral de items activos e inactivos foi drasticamente aperfeiçoada, por isso embora o numero de elementos no ecrã seja maior, a visibilidade e orientação destes é agora melhor do que nunca. ÿreas criticas, como a mesa de mistura ou o Inspector, receberam uma atenção particular, com destaques mais claros e melhor claridade na leitura de textos.

O novo interface também introduz também outras funcionalidades, as quais incluem um Track Inspector customizável - por exemplo: qualquer item pode ser escondido ou visionado conforme a sua escolha, a ordem e visibilidade dos items também pode ser alterada individualmente para cada tipo de pista.

Mais info: http://www.steinberg.net/

O que é a SoundFrame?

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.